5 maneiras naturais para superar a disfunção erétil como superar a disfunção erétil

5 maneiras naturais para superar a disfunção erétil como superar a disfunção erétil

Você consegue correr tão rápido quanto aos 20 anos de idade? Bata uma bola de beisebol tanto quanto você poderia uma vez? Bash uma bola de tênis com a mesma velocidade e rotação?

Provavelmente não.

Mas mesmo com a idade, ainda há muitas maneiras de permanecer no jogo e aproveitá-lo. Isso é verdade tanto no sexo quanto no esporte.

Leia também: Estimulante sexual masculino e feminino, qual é o melhor

A disfunção erétil (DE) pode ocorrer por vários motivos. Às vezes é tão simples quanto o efeito colateral de um medicamento em particular. Mas para cerca de 75% dos homens, a causa é mais complexa. A DE pode resultar de doença vascular, doença neurológica, diabetes ou tratamentos ou cirurgias relacionados à próstata.

Se você atualmente sofre de disfunção erétil ou está esperando para contornar esta condição, tente estas dicas para superar ED para uma melhor saúde e uma vida sexual melhor.

Comece a andar. De acordo com um estudo de Harvard, apenas 30 minutos de caminhada por dia estavam ligados a uma queda de 41% no risco de disfunção erétil. Outra pesquisa sugere que o exercício moderado pode ajudar a restaurar o desempenho sexual em homens obesos de meia-idade com DE.
Coma direito. No Massachusetts Male Aging Study, comer uma dieta rica em alimentos naturais, como frutas, legumes, grãos integrais e peixes – com menos carne vermelha e processada e grãos refinados – diminuiu a probabilidade de ED.
Preste atenção à sua saúde vascular. A hipertensão arterial, o alto nível de açúcar no sangue, o colesterol alto e os altos níveis de triglicérides podem danificar as artérias do coração (causando ataque cardíaco), no cérebro (causando derrame) e levando ao pênis (causando disfunção erétil). Uma cintura em expansão também contribui. Verifique com seu médico se o seu sistema vascular – e, portanto, seu coração, cérebro e pênis – está em boa forma ou precisa de um ajuste através de mudanças de estilo de vida e, se necessário, medicações.
O tamanho é importante, então fique magro e fique magro. A cintura é uma boa defesa – um homem com uma cintura de 42 polegadas é 50% mais propenso a ter DE do que um com uma cintura de 32 polegadas. Perder peso pode ajudar a combater a disfunção erétil, portanto, chegar a um peso saudável e ficar lá é outra boa estratégia para evitar ou corrigir ED. A obesidade aumenta os riscos de doença vascular e diabetes, duas das principais causas de disfunção erétil. E o excesso de gordura interfere com vários hormônios que podem ser parte do problema também.
Mova um músculo, mas não estamos falando de seu bíceps. Um forte assoalho pélvico aumenta a rigidez durante as ereções e ajuda a impedir que o sangue saia do pênis pressionando uma veia-chave. Em um estudo britânico, três meses de séries de duas vezes ao dia. Exercícios de Kegel (que fortalecem esses músculos), combinados com biofeedback e conselhos sobre mudanças no estilo de vida – parar de fumar, perder peso, limitar o consumo de álcool – funcionaram muito melhor do que apenas conselhos sobre mudanças no estilo de vida.

Fonte: https://www.valpopular.com/estimulante-sexual-masculino-qual-e-o-melhor/

Conheça também: > Xanimal funciona

Como prevenir a impotência sexual

Como prevenir a impotência sexual

Homem interessado em como prevenir a disfunção erétil andando pela praia com seu parceiro
A disfunção erétil (DE) é muito comum. Isso afeta muitos homens com mais de 40 anos, mas é bastante comum para homens mais jovens também.

Existem várias maneiras diferentes de evitar e tratar a disfunção erétil, incluindo mudanças no estilo de vida, medicação e uso de dispositivos.

O que posso fazer para evitar a disfunção erétil?
Existem algumas maneiras fáceis de evitar a disfunção erétil (disfunção erétil), uma das quais é ajudar você a se excitar e ficar excitada. Quando você está envolvido em uma situação sexual, seus sentidos e conforto desempenham papéis importantes para conseguir e manter uma ereção.

Algumas maneiras de ajudar a melhorar a excitação são:

Leia também: Impotência sexual masculina e feminina

Preliminares com o (s) seu (s) parceiro (s)
Reduzindo os níveis de estresse por não pensar em trabalho ou outros problemas. Tente e concentre-se no presente
Tentando coisas novas com seu (s) parceiro (s) e mantendo a comunicação aberta entre você
Se você bebe muito ou toma drogas recreativas, isso também pode ser uma razão para você ter uma disfunção erétil. Esses efeitos podem continuar mesmo quando os efeitos da substância parecem estar gastos. Por isso, lembre-se de levar isso em consideração se você estiver com DE. Fale com seu médico ou médico on-line se estiver achando difícil beber ou usar drogas ilícitas.

Outra abordagem para evitar a disfunção erétil são alguns exercícios simples do assoalho pélvico, também conhecidos como exercícios de Kegel. Estes podem ajudar a melhorar o fluxo sanguíneo para o pênis e fortalecer os músculos ao redor da virilha. Você pode fazer isso quase em qualquer lugar – apertar os músculos pélvicos e segure por 5 segundos, e depois solte. Repita estes exercícios algumas vezes com um descanso no meio e mude de posição entre sentar e ficar de vez em quando. Você deve repetir esses exercícios de 2 a 3 vezes por dia para obter o máximo benefício deles.

Ordem tratamento da disfunção erétil
4 embalagens de 50mg Pfizer Viagra comprimidos revestidos por película
Viagra
a partir de £ 32,00

4 pacote de 50mg de citrato de sildenafil comprimidos revestidos por película
Sildenafil
a partir de £ 15,00

frente do pacote contendo 4 comprimidos revestidos por película de 50mg Viagra Connect
Viagra Connect
a partir de £ 19.99

4 embalagens de Cialis 10mg tadalafil comprimidos revestidos por película
Cialis
a partir de £ 43,00

Ver todos os tratamentos
Como faço para parar minha saúde física afetando minhas ereções?
A disfunção erétil (DE) pode ser causada por algumas causas físicas diferentes. Os mais comuns são diabetes, pressão alta e colesterol alto. Se você perceber que não consegue obter ou manter uma ereção, pode ser útil conversar com seu médico sobre a realização de exames para causas médicas, principalmente se você ingerir muito álcool ou se não tiver a dieta mais saudável.

Se você toma medicação regularmente, pode ser que o ED seja um dos seus efeitos colaterais – por isso, vale a pena verificar cuidadosamente os seus medicamentos para ver se isso está listado. Alguns medicamentos comuns que são conhecidos por causar ED são:

Medicamentos para pressão alta e diuréticos
Antidepressivos e ansiolíticos
Anti-histamínicos
Antiinflamatórios não-esteróides, como Naproxeno
Medicamentos quimioterápicos
Relaxantes musculares
Se você está com disfunção erétil e acha que sua medicação pode ser a causa, é importante que você não pare de tomar seus medicamentos, mas consulte seu médico sobre os sintomas, pois eles podem prescrever uma medicação alternativa.

Ser fisicamente saudável é uma das melhores maneiras de evitar a disfunção erétil. É uma boa ideia:

perder peso se você estiver com excesso de peso
pare de fumar se você fuma
exercício diário
coma saudavelmente
tente encontrar maneiras de reduzir a ansiedade e o estresse
Manter-se ativo e ter um estilo de vida saudável ajudará a melhorar seu bem-estar físico e psicológico, bem como os sintomas de disfunção erétil.

Algumas pessoas acreditam que níveis baixos de testosterona podem causar disfunção erétil. Se você está pensando em receber a terapia de reposição de testosterona (TRT), é importante saber que a baixa testosterona é rara e nem sempre afeta o desejo sexual ou a capacidade de ter uma ereção. O tratamento só deve ser iniciado por um especialista depois de você ter testado e aconselhado adequadamente sobre o tratamento.

Muitos homens consideram tomar TRT para melhorar os sintomas da disfunção erétil. Mas há muitas outras possíveis causas e é mais provável que o DE esteja ligado a outras causas físicas, de estilo de vida ou psicológicas.

Como faço para parar meu estado mental afetando minhas ereções?
Se você está se sentindo ansioso sobre sexo ou seu desempenho sexual, isso pode afetar o seu bem-estar mental. Essa ansiedade pode ser uma causa da disfunção erétil (DE). Se isso acontecer para você, você pode achar que um conselheiro pode oferecer alguma ajuda. Essa pode ser uma maneira de ajudar seu estado mental a afetar suas ereções.

É importante cuidar da sua saúde psicológica e emocional. Ser honesto e aberto sobre o que você está passando é um bom primeiro passo, especialmente se você estiver com sintomas de depressão ou ansiedade. Falar com o seu médico é uma boa ideia, porque eles podem ajudá-lo a encontrar opções de tratamento e

Conheça também: > Xanimal funciona

Disfunção erétil

Disfunção erétil

Para muitos homens, um exame físico e responder perguntas (histórico médico) são tudo o que é necessário para um médico diagnosticar a disfunção erétil e recomendar um tratamento. Se você tem condições crônicas de saúde ou seu médico suspeita que uma condição subjacente pode estar envolvida, você pode precisar de mais testes ou uma consulta com um especialista.

Leia também: Como aumentar o pênis 

Os testes para condições subjacentes podem incluir:

Exame físico. Isso pode incluir um exame cuidadoso de seu pênis e testículos e verificar seus nervos para sensação.
Exames de sangue. Uma amostra do seu sangue pode ser enviada para um laboratório para verificar se há sinais de doença cardíaca, diabetes, baixos níveis de testosterona e outras condições de saúde.
Testes de urina (urinálise). Como exames de sangue, testes de urina são usados ​​para procurar por sinais de diabetes e outras condições de saúde subjacentes.
Ultra-som. Este teste é geralmente realizado por um especialista em um consultório. Envolve o uso de um dispositivo semelhante a uma varinha (transdutor) sobre os vasos sanguíneos que alimentam o pênis. Ele cria uma imagem de vídeo para que seu médico veja se você tem problemas de fluxo de sangue.

Este teste é feito às vezes em combinação com uma injeção de medicamentos no pênis para estimular o fluxo sanguíneo e produzir uma ereção.

Exame psicológico. Seu médico pode fazer perguntas para detectar depressão e outras possíveis causas psicológicas da disfunção erétil.
Tratamento
A primeira coisa que seu médico fará é certificar-se de que você está recebendo o tratamento certo para quaisquer condições de saúde que possam estar causando ou piorar sua disfunção erétil.

Dependendo da causa e gravidade de sua disfunção erétil e de quaisquer condições de saúde subjacentes, você pode ter várias opções de tratamento. O seu médico pode explicar os riscos e benefícios de cada tratamento e irá considerar as suas preferências. As preferências do seu parceiro também podem desempenhar um papel em suas escolhas de tratamento.

Medicamentos orais
Medicamentos orais são um tratamento de disfunção erétil bem sucedido para muitos homens. Eles incluem:

Sildenafil (Viagra)
Tadalafil (Adcirca, Cialis)
Vardenafil (Levitra, Staxyn)
Avanafil (Stendra)
Todos os quatro medicamentos aumentam os efeitos do óxido nítrico – um químico natural que o corpo produz e relaxa os músculos do pênis. Isso aumenta o fluxo sanguíneo e permite obter uma ereção em resposta à estimulação sexual.

Tomar um destes comprimidos não produzirá automaticamente uma ereção. A estimulação sexual é necessária primeiro para causar a liberação de óxido nítrico de seus nervos penianos. Esses medicamentos amplificam esse sinal, permitindo que alguns homens funcionem normalmente. Os medicamentos orais contra a disfunção erétil não são afrodisíacos, não causam excitação e não são necessários em homens que têm ereções normais.

Os medicamentos variam em dosagem, quanto tempo eles trabalham e efeitos colaterais. Possíveis efeitos colaterais incluem rubor, congestão nasal, dor de cabeça, alterações visuais, dor nas costas e dor de estômago.

Seu médico irá considerar sua situação específica para determinar qual medicamento pode funcionar melhor. Esses medicamentos podem não tratar sua disfunção erétil imediatamente. Você pode precisar trabalhar com o seu médico para encontrar a medicação e dosagem corretas para você.

Antes de tomar qualquer medicação para a disfunção erétil, incluindo suplementos e remédios fitoterápicos, informe o seu médico. Medicamentos para a disfunção erétil não funcionam em todos os homens e podem ser menos eficazes em certas condições, como após a cirurgia da próstata. ou se você tem diabetes Alguns medicamentos também podem ser perigosos se você:

Tome medicamentos de nitrato – comumente prescritos para dor no peito (angina) – como nitroglicerina (Minitran, Nitro-Dur, Nitrostat, outros), mononitrato de isossorbida (Monoket) e dinitrato de isossorbida (Dilatrate-SR, Isordil)
Tem doença cardíaca ou insuficiência cardíaca
Tem pressão arterial muito baixa (hipotensão)
Outros medicamentos
Outros medicamentos para a disfunção erétil incluem:

Auto-injeção de alprostadil. Com este método, você usa uma agulha fina para injetar alprostadil (Caverject Impulse, Edex) na base ou na lateral do pênis. Em alguns casos, os medicamentos geralmente usados ​​para outras condições são usados ​​para injeções penianas por conta própria ou em combinação. Exemplos incluem papaverina, alprostadil e fentolamina. Muitas vezes, essas medicações combinadas são conhecidas como bimix (se duas medicações forem incluídas) ou trimix (se três estiverem incluídas).

Cada injeção é administrada para criar uma ereção com duração não superior a uma hora. Como a agulha usada é muito fina, a dor do local da injeção é geralmente menor.

Os efeitos colaterais podem incluir sangramento leve da injeção, ereção prolongada (priapismo) e, raramente, formação de tecido fibroso no local da injeção.

Supositório uretral de alprostadil. A terapia intrauretral de Alprostadil (Musa) envolve a colocação de um pequeno supositório de alprostadil dentro do seu pênis na uretra peniana. Você usa um aplicador especial para inserir o supositório na sua uretra peniana.

Fonte: https://www.mulherk.com.br/como-aumentar-o-penis-de-verdade/

Conheça também: > https://www.valpopular.com/xanimal-funciona/

Impotência Masculina: Causas e Soluções

Impotência Masculina: Causas e Soluções

Um dos pontos importantes para a vida do homem é a sua sexualidade, e quando ele não consegue ter uma relação sexual ou quando não está satisfeito com seu desempenho na cama isso pode afetar toda a sua vida.

A autoestima fica abalada e o organismo pode debilitar-se em decorrência de estados psicológicos que o problema pode causar.

Impotência MasculinaA impotência sexual é um problema que pode atingir homens de todas as idades, ou seja, não se trata de um problema que chega com a idade, porque essa é somente um dos fatores que pode ocasionar a impotência.

Muitos homens submetem dificuldade para manter uma ereção, mas poucos falam sobre o assunto, porém, é importante saber o que causa a impotência sexual masculina, mas também é importante conhecer a sua solução.

Se você está sofrendo com a impotência sexual e perdeu o vigor que tinha na cama, então descubra o que pode estar causando esse problema. Mas leia nosso artigo até o final porque vamos te apresentar uma solução simples, funcional e que não traz efeitos colaterais.

Saiba mais: Prime Male preço

Alguns hábitos prejudiciais à saúde podem afetar o desempenho sexual do homem, como o consumo de bebidas alcóolicas, o uso de entorpecentes, o sedentarismo, o consumo excessivo de medicamentos e também cigarro. Além desses fatores, conheça algumas doenças que causam impotência sexual:

– Problemas Hormonais: Os baixos níveis de testosterona, hormônio masculino, podem atrapalhar o desempenho sexual. Assim como as mulheres, os homens podem sofrer carência hormonal quando em idade mais madura. Problemas com a tireoide também podem causar a disfunção.

– Colesterol alto: Quando o nível do colesterol se eleva no organismo pode acontecer o estreitamento dos vasos sanguíneos. Esse problema também pode atingir os vasos da região peniana e impedir que o sangue flua livremente para essa área do corpo, atrapalhando a ereção.

– Diabetes: a diabetes é uma doença silenciosa e traiçoeira que traz inúmeros problemas para o organismo, incluindo a disfunção erétil. Essa doença danifica os vasos sanguíneos e também os nervos do pênis, atrapalhando no desempenho sexual.

– Hipertensão: assim como a diabetes, a hipertensão danifica os vasos sanguíneos de todo o corpo, inclusive da região peniana.

– Neuropatias: doenças do sistema nervoso também podem aumentar o risco de disfunção erétil, porque as mensagens enviadas pelo cérebro para o pênis podem não ser recebidas, o que não permitirá que o fluxo sanguíneo ideal chegue até ele.

– Doenças cardiovasculares: essas doenças diminuem o fluxo sanguíneo em todas as artérias do corpo, inclusive as que estão ligadas ao pênis, e sem esse fluxo ideal não é possível manter a ereção ou mesmo iniciá-la.

– Cirurgias e lesões: os vasos sanguíneos ou os nervos da região peniana podem ser danificados após cirurgias do reto, próstata ou da bexiga e ainda quando sofridas lesões na região pélvica (fato que pode acontecer com atletas de ciclismo pelo atrito excessivo do selim com essa região).

Causas psicológicas da impotência sexual

Além das causas orgânicas que podem ocasionar a impotência sexual, alguns problemas psicológicos também podem fazer com que o homem perca a potencia sexual, e entre os problemas psicológicos que causam esse mal estão:

Ansiedade: muitos homens sentem ansiedade quanto ao seu desempenho sexual, pensam que não vão agradar a mulher ou querem agradar a todo custo, e essa ansiedade acaba atrapalhando ainda mais seu desempenho.

Estresse: essa doença moderna também pode atrapalhar no desempenho sexual. O estresse não permite que o homem relaxe ou se concentre, e essa tensão não o deixa a vontade na hora do sexo, influenciando na ereção.

Depressão: sendo uma faca de dois gumes, a depressão pode tanto acarretar o problema da disfunção como ser uma das suas consequências. O homem deprimido não consegue ter um bom desempenho sexual e é acometido de disfunção erétil. Ao mesmo tempo, quando enfrenta o problema da disfunção, o homem pode sentir uma baixa estima e então deprimir-se por não conseguir ter uma vida sexual ativa.

Baixa estima: os homens que sentem vergonha de si mesmos, seja por qualquer motivo, podem se sentir inferiores aos outros homens e isso atrapalha seu desempenho sexual, pois acreditam que não são capazes de agradar uma mulher ou então que uma mulher jamais gostará dele por esse ou aquele motivo. Esse sentimento pode desencadear a impotência sexual, o que reduz ainda mais sua autoestima podendo levar à depressão.

Insegurança: quando um homem sente-se inseguro ele permite que o nervosismo não o deixe se concentrar e aproveitar os momentos. Por não conseguir relaxar na hora do sexo ele pode sofrer com a impotência sexual e não conseguir ter uma ereção. A insegurança também pode ser por não ter experiência, por medo de não agradar a parceira ou por sentir vergonha de seu corpo.

A solução para impotência sexual

Note que os problemas que podem ocasionar a impotência são variados, e que grande parte deles exige uma mudança de postura ou de hábitos do homem. É por isso que a ingestão de medicamentos para combater a impotência pode não ser a solução, afinal, eles trazem ainda mais problemas.

Mas será que a impotência tem cura?

Se você sofre com a impotência sexual precisa conhecer o PROGRAMA TURBINANDO O DESEMPENHO SEXUAL, que se trata de um método natural para devolver ao homem o desejo por sexo e para que ele tenha um bom desempenho na cama, surpreendendo sua parceira.

O Turbinando o Desempenho Sexual não se trata de um tratamento com medicamentos, mas de um método natural que vai buscar a solução para a impotência de uma maneira segura e sem contra indicações. Trazendo de volta, toda a sexualidade para o casal.

O MÉTODO TRAZ RESULTADOS MUITO RÁPIDOS, EM APENAS 48 HORAS, E NINGUÉM PRECISA SABER QUE VOCÊ ESTÁ SE TRATANDO CONTRA A IMPOTÊNCIA.

Trata-se de um MÉTODO SEGURO, RÁPIDO E DISCRETO de mudar de vez esse capítulo da sua vida.

Ao trabalhar o seu organismo e sua mente de uma maneira natural você verá resultados rápidos, que vão te devolver o otimismo e automaticamente tudo em sua vida vai mudar.

Com a vida sexual ativa de novo seu corpo volta a trabalhar com saúde, sua mente fica tranquila e você cibar a sua segurança e confiança, além de voltar a sentir satisfação sexual.

Se você não acredita que deve procurar pro um médico para solucionar problemas físicos, faça isso, porém, como o Turbinando o Desempenho Sexual se trata de um método natural, ele são vai interferir em seu tratamento, assim, se você vai começar um tratamento ou já está se tratando, alcance resultados mais rápidos utilizando o método ao mesmo tempo.

Não continue se sentindo frustrado com seu desempenho sexual. EXPERIMENTE O TURBINANDO O DESEMPENHO SEXUAL E recupere sua sexualidade, salve seu casamento e volte se relacionar com as mulheres sem medo de falhar na hora H. Saiba mais nessa página.

E tudo isso, sem o efeito colateral que os remédios ocasionam, apenas usufruindo de resultados positivos e rápidos. Acesse o site para saber mais.

Conheça também: > Xanimal reclame aqui

Problemas do micro pênis

Desde o nascimento, é chamado de micro pênis se o pênis de um menino com um comprimento inferior a 1,9 cm (após alongamento e medido a partir do osso púbico até a ponta da glande) e se este pequeno está associado a nenhuma mal formação peniana.

A aparência de um micropênis geralmente é causada por um problema hormonal. Se o tratamento não for implementado, o micropênis pode persistir na idade adulta, tendo o homem um pênis inferior a 7 centímetros no estado flácido (em repouso). Embora pequeno em tamanho, o micropênis é normalmente sexualmente ativo.

Na entrada da puberdade, o limite para falar de micropênis é de 4 centímetros, depois de menos de 7 centímetros na puberdade.

O pênis começa a se desenvolver já na sétima semana de gestação. Seu crescimento depende dos hormônios fetais.
O pênis contém corpos esponjosos e cavernosos, os corpos esponjosos que cercam a uretra, que canalizam a urina para fora. O pênis se desenvolve ao longo dos anos sob a ação da testosterona. Seu desenvolvimento amplifica no momento da puberdade.

Na idade adulta, o tamanho “médio” de um pênis é entre 7,5 e 12 centímetros em repouso e entre 12 e 17 centímetros durante a ereção.

O desafio dos profissionais de saúde para detectar micropênis é que os homens tendem a achar o sexo muito pequeno. Em um estudo 1 realizado com 90 homens em busca de micropênis, 0%teve um micropênis após exame e mensuração pelo cirurgião. Em outro estudo recentemente publicado 2 , dos 65 pacientes encaminhados por seu médico a um especialista em micropênis, 20, cerca de um terço, não apresentavam micropênis. Estes homens pensaram que tinham um pênis muito pequeno, mas quando um especialista tomou a medida depois de esticá-lo, ele encontrou medidas normais.
Alguns homens obesos também se queixam de ter um sexo muito curto. Na realidade, muitas vezes é um ”  pênis enterrado  “, cuja parte anexada ao púbis é cercada por gordura púbica, fazendo parecer menor do que é na realidade.

O tamanho do pênis não afeta a fertilidade ou o prazer masculino durante um ato sexual. Um pênis, mesmo pequeno, permite ter uma vida sexual normal. No entanto, um homem que julgue seu sexo muito pequeno pode ser complexado e ter uma vida sexual que não o satisfaça.

Se você passa por algum problema sexual relacionado ao seu pênis conheça o estimulante sexual masculino Forteviron.

Diagnóstico de micropênis

O diagnóstico de micropênis envolve a medição do pênis. Durante esta medição, o médico começa alongando o pênis 3 vezes, puxando gentilmente a glande. Então ele a solta. A medida é praticada com uma regra rígida do osso púbico, no lado ventral. Se um micropênis é diagnosticado, uma avaliação hormonal é realizada para encontrar a causa do micropênis e tratá-lo da melhor forma possível.

Causas de micropênis

As causas do micropênis são variáveis. Em um estudo recentemente publicado 2 , dos 65 pacientes acompanhados, 16 ou quase um quarto não encontraram a causa do seu micropênis.

As causas de um micropênis podem ser hormonais (o caso mais frequente), ligadas a uma anomalia cromossômica, a uma malformação congênita ou idiopática, isto é, sem causa conhecida, sabendo-se que os fatores ambientais jogam provavelmente papel. Um estudo no Brasil sugeriu uma causa ambiental para o micropênis: a exposição a inseticidas durante a gravidez pode aumentar o risco de malformação genital.

A maioria dos casos de micropênis seria devido a uma deficiência hormonal relacionada à testosterona fetal durante a gravidez. Em outros casos, a testosterona é produzida adequadamente, mas os tecidos que compõem o pênis não reagem à presença desse hormônio. Isso é chamado insensibilidade dos tecidos aos hormônios.

Conheça também: > Xanimal onde preço

 

A impotência masculina acabou!

O colapso viril, transitório ou crônico, não é mais necessário. Investigação de uma revolução de costumes.

A angústia do colapso viril, temporário ou crônico, assombra o homem desde sempre. Agora é irrelevante: entre drogas eréteis, psicoterapias e próteses, é possível restaurar seu tom aos mais fracos. Investigação aprofundada da fisiologia e psicologia masculina.

1 – Onde aprendemos o quanto o homem sempre temeu “falta de voz”

O colapso sexual e a impotência atormentam o homem para sempre. Placas gravadas de 3.700 anos, encontradas no templo da deusa Ishtar da Babilônia, na Mesopotâmia, contêm encantamentos à masculinidade: “Que o vento sopre, que a floresta estremeça! água do rio, deixe meu pênis ser enfaixado como a corda de uma harpa “. No Satiricon , escrito sob Nero, o poeta Petronius descreve a “vergonha” de Encolpe quando seu desejo “trai” o jovem Circe. “Indignada” , ela volta com um mago que passa um fio colorido ao redor do infrator, exclamando: “O Priape,O deus Priapo, enfeitado com um falo sempre ereto, o conhecemos: o termo médico “priapismo” vem dele. Só não precisamos convocá-lo para evitar um colapso sexual. Hoje, para ouvir especialistas médicos em sexualidade masculina, sejam psiquiatras, urologistas, andrologistas ou sexólogos, todas as fraquezas, quase ou quase viris, podem ser curadas. A antiga maldição dos homens é levantada. Agora temos uma gama de tratamentos para tratar quase todas as formas, mesmo que sejam crônicas. A ejaculação precoce é curada. Até mesmo um paraplégico é curado. Nós não vamos mais morrer, como diz a gíria

Conheça o estimulante sexual masculino chamado Big Size.

“Este é um momento histórico: deve ser entendido que entre rupturas ocasionais, falhas repetidas de origem psicológica, impotência associada a doenças graves como diabetes ou câncer, ou atribuídas à fadiga do envelhecimento, muitos homens viviam e ainda vivem com medo da perda de sua vida sexual, e até recentemente não havia nenhum tratamento real, nenhum afrodisíaco, muitos homens estavam experimentando produtos duvidosos ou perigosos “. Volúvel, entusiasta, Philippe Brenot conta a mudança de época. Este psiquiatra, autor de um dos poucos estudos sobre a história da impotência (impotência masculina , The Spirit of Time, 1994),com o paleoantropólogo Pascal Picq um livro dedicado às diferenças entre a sexualidade primata e humana ( Sex, Man and Evolution , Odile Jacob, 2009). Ele é um dos animadores da Associação interuniversitária-universidade de sexologia (AIHUS), que reúne quinhentos sexólogos, médicos e não-médicos. Em março passado, ela realizou uma reunião dedicada ao “casal e sua sexualidade”, onde muito foi dito sobre o tratamento de “disfunções eréteis” . Philippe Brenot: “Hoje, os médicos não falam mais de impotência Este é um termo vago, preocupante que não leva em conta a diversidade de condições de masculinidade .. Treatalguém “desamparado” significa que “ele não é mais um homem”, mais um ser por direito próprio. É um insulto, como “frígido” para as mulheres. Preferimos falar de “distúrbios eréteis”, com várias causas, exigindo cada tratamento adequado.

Deve ser entendido que muitos homens com colapsos sexuais não são crônicas impotentes até agora. À medida que envelhecem, por exemplo, a maioria experimenta um aumento na latência entre as ereções. Aos 25 anos, serão alguns minutos. Meia hora depois de 35. Uma hora depois de 45. Um dia depois de 55. Vários dias depois de 65. Uma semana depois de 70 anos. Se, ao longo de quarenta anos, existe a preocupação de não endireitar imediatamente antes de deprimir sua suavidade temporária, eles podem desenvolver um bloqueio mental e acabam acreditando impotente. Mas não, eles estão ficando mais velhos. Philippe Brenot: “A ereção não é tudo ou nada, nem sempre uma performance, eles não devem sempre ocupe-se tanto, porque um homem está equipado para fazer amor até 80 anos e mais. Um velho em forma, desejando, banda novamente. Os idosos interrompem sua atividade sexual por causa de doenças, coração, artérias, diabetes, excesso de peso, não por causa de sua idade. Mas hoje, até um velho cansado pode fazer curativos se for bem tratado “.

Outros ainda se acharão indefesos porque não fazem sexo há muito tempo e acham difícil começar de novo . De fato, dizem os médicos, sua fraqueza vem principalmente da falta de atividade. De fato, nós sabemos hoje, um pênis flexiona quando não serve. A falta de treinamento é prejudicial, perde força. Esta é a “síndrome da viúva” , muito comum no último século. Após dois anos de inatividade, o infeliz tem uma grande dificuldade em endurecer. Isso não é falta de desejo, mas um caso de “capacidade erétil” . Philippe Brenot:“Trinta anos atrás, um homem como esse consultou em vão um psicanalista ou um psiquiatra. Hoje, com um apoio psicológico e uma droga erétil, ele faz amor.” Afecções sexuais, da impotência às “obsessões” “, Foram psiquiatrizados no século XX. A falta de poder ainda foi considerada um bloqueio psicogênico. Ao fazer isso, a dimensão fisiológica da ereção foi negligenciada. Tudo mudou na década de 1960.

Conheça também: > Xanimal onde comprar

Por que fumar é ruim para sexo?

As mensagens de saúde nas costas dos maços de cigarros têm alertado há anos: o fumo pode “causar impotência sexual ” e “prejudicar os espermatozoides e reduzir a fertilidade”. Como esses riscos são explicados? As mulheres são livres?

Disfunção Erétil, Secura Vaginal, Infertilidade: O Impacto do Tabagismo na Sexualidade

Fumar interfere com todas as funções do corpo e, portanto, também afeta a sexualidade. Não apenas por causa da atração relativa de uma pessoa não fumante com o cheiro que permeia roupas e cabelos, a respiração “pronunciada” e os dentes amarelos … para não mencionar o efeito cortador de uma bela reta Tossindo no meio das travessuras! A longo prazo, o fumo e a sexualidade são ainda piores. Uma motivação adicional para se juntar – se já não foi feito – o primeiro “mês sem tabaco” estabelecido no início de novembro pelo Ministério da Saúde, seguro de saúde e Saúde Pública França, a nova agência nacional de saúde pública …

Conheça o estimulante sexual masculino chamado Tauron.

A primeira causa de disfunção erétil
As artérias de um fumante sofrem tanto quanto seus pulmões, mesmo que eles suportem esse sofrimento por mais tempo de uma forma mais silenciosa. Entre os milhares de substâncias nocivas que compõem o fumo, muitos causam espasmos dos vasos e causam lesões em suas paredes que prejudicam sua capacidade de se expandir normalmente, enquanto outros aumentam a viscosidade do sangue, o que diminui a velocidade. ainda sua circulação. Uma proteína envolvida na coagulação, o fibrinogênio, também vê sua taxa freqüentemente aumentada, o que promove coágulos. Essa combinação prejudicial pode acabar causando um infarto quando afeta as artérias do coração (coronária) ou causa derrame se a oclusão ocorrer no cérebro … adivinhe o que acontece quando são os pequenos vasos do membro masculino que vêem seu calibre encolhido e sua elasticidade comprometida? Sim, corpos cavernosos têm mais e mais problemas para inflar sangue para ter uma ereção! Muitas disfunções eréteis precoces, ocorridas nos anos 50, ou mesmo 40 anos, em fumantes pesados, não têm outra origem. Eles são um sinal de alerta para levar muito a sério e uma boa razão para esmagar seu último cigarro. De fato, se uma parte do dano nas artérias é irreversível, uma pesquisa americana mostrou que o risco de distúrbios sexuais cai mais da metade quando parado (um fumante tem vinte e sete vezes mais chances de sofrer de disfunção erétil , um ex-fumante onze vezes “apenas”).

Nas mulheres, fumar = secura vaginal
Ninguém deve ignorar que a combinação pílula + tabaco forma um coquetel explosivo, para o qual a prudência exigiria desistir imediatamente. A dupla aumenta a probabilidade de câncer de mama e do colo do útero, multiplica por vinte o risco de desenvolver uma doença cardiovascular, quando não causa muito rapidamente coágulos arteriais e venosos (flebite). Manter apenas o tabaco não exime a madame de qualquer efeito desagradável, inclusive sob o edredom. Embora seja mais fácil ver a disfunção erétil, deve-se lembrar que a excitação sexual feminina também envolve o inchaço dos vasos sangüíneos ao nível das paredes da vagina, o que lhes permite Emite gotas de “orvalho” para facilitar a penetração e o prazer. Enquanto os fumantes agora parecem ser mais numerosos do que os fumantes, poucos estudos se concentraram no impacto do tabagismo sobre a sexualidade feminina. Mas alguns trabalhos parecem confirmar que pode causar distúrbios de lubrificação, sendo essa secura uma fonte de dispareunia (dor) e, portanto, relatos desagradáveis.

Fertilidade sobe em fumaça
Finalmente, não contentes em comprometer nosso desempenho e nossa satisfação na cama, o tabaco também pode comprometer nosso desejo de procriação. Vários estudos, conduzidos com homens que consultam para a infertilidade, mostraram que seus compostos afetam a qualidade dos espermatozóides. Eles afetam o volume, a acidez e a densidade do ejaculado e trazem um golpe às vezes fatal para a vitalidade dos espermatozóides. Se, por acaso, o bebê conseguir evitar a má sorte, o fumo da mãe durante a gravidez causará menor peso ao nascer. Uma conclusão é necessária: se o cigarro era uma vez o acessório sedutor do herói viril, então um símbolo da mulher liberada, estes tempos são, parece, bem acabados, e é melhor esquecer de flertar. e nos amamos hoje.

Conheça também: > Xanimal bula

Existe uma sexualidade específica na idade avançada?

resumo

A sexualidade dos idosos é pouco ou pouco conhecida. Como o caminho do homem é um caminho evolutivo, a resposta sexual também apresenta uma mudança durante o envelhecimento. Os preconceitos sociais (e curiosamente os mais velhos são os primeiros a aderir a eles) querem que com a idade um se torne assexual, embora fisiologicamente um homem e uma mulher possam desfrutar de uma atividade sexual satisfatória até uma idade bastante avançada, desde que você esteja com boa saúde e tenha o desejo. A sexualidade durante o envelhecimento não é simplesmente uma continuação deficitária daquela do adulto. Se não tem a mesma intensidade das idades anteriores, basicamente permanece o mesmo, evoluindo para um continuum de sexualidade, sensualidade e intimidade, desde que você saiba,

O caráter normal da vida sexual é assegurado pela conjunção em direção ao objeto sexual e ao propósito de duas correntes, a da ternura e a da sensualidade.

introdução

Apesar do grande progresso feito nas últimas décadas em geriatria e gerontologia, uma ” folha de videira modesta ” ainda cobre o sexo dos idosos, especialmente em hospitais, EMS e outras estruturas geriátricas.

É curioso ver que os mais velhos são os primeiros a aderir aos estereótipos sociais comuns que ainda são numerosos e que afirmam que com a idade um se torna assexual e isso da maneira mais “fisiológica e natural” possível. “Quando chegar a hora, temos que resistir à tentação, não devemos arriscar o ridículo … vamos nos resignar, viver com memórias e … vamos assistir TV!”.

Isto é devido à alta plasticidade do impulso sexual e suas complexidades excessivamente adaptativas com o mundo de nossas emoções e sentimentos? O desengajamento sexual traduziria o desengajamento do velho da competição da vida, como “uma autocastração preventiva”? 1 É o domínio na era atual da adoração da juventude como um objeto sexual por excelência? A repressão de adultos da sexualidade de idosos que, como os pais, uma vez reprimiram a de seus filhos?

Desde os relatórios de Kinsey publicados em 1953, e especialmente a pesquisa de WH Masters e VE Johnson, realizada entre 1960 e 1966, sabemos que um homem e uma mulher podem ter relações sexuais até uma idade muito avançada, condição de estar em boa saúde e ter o desejo.

A sensualidade e a sexualidade não são, de fato, estranhas à velhice, e pode-se dizer, ao contrário, que esses componentes identitários insubstituíveis de homens e mulheres permanecem preciosos e estão no centro do processo de envelhecimento normal e patológico.

Daí o grande papel que o praticante pode desempenhar com o paciente idoso, neste espaço privilegiado de liberdade e confiança que é o consultório do médico particular.

Conheça o produto chamado: Bull Power.

A realidade do envelhecimento é hoje na medicina avançada e em toda a medicina, uma realidade muito maior e mais complexa do que se imaginava há alguns anos. Nesta faixa etária que ainda era chamada ontem de terceira idade , hoje vemos uma terceira e uma quarta idade aparecerem . E na mesma faixa etária, pode haver grandes diferenças entre um sujeito envelhecido e outro, porque a norma é antes a heterogeneidade do envelhecimento . Daí o conceito de envelhecimento diferencial. Há indivíduos “já muito antigos” aos 60 anos e “jovens e velhos” 70, octogenários saudáveis ​​cheios de planos e desejo e octogenários enterrados em inúmeras doenças do corpo e da mente.

É comum notar que em homens idosos, o aumento da incidência de problemas vasculares, hormonais ou neurológicos é freqüentemente refletido na atividade sexual, mas sua disfunção está mais diretamente relacionada à polipatologia geriátrica do que à idade. Mas se o praticante é informado e atento a esses aspectos, essas patologias raramente constituem um grande obstáculo à vida sexual. Na maioria dos casos, eles não afetam o desejo de atividade sexual ou a oportunidade de desfrutá-lo, o desejo e o potencial orgástico permanecem inalterados. Em casos mais raros, por causa de uma condição clínica maior, a brincadeira sensual e sexual do casal é sempre possível desde que seja removida do ” imperativo categórico.

Os indivíduos com pouco mais de sessenta anos ainda estão em boa forma e necessitam de pouca atenção médica. Mas essa população, ainda não “geriátrica”, que está caminhando para a senescência, começa a apresentar novos problemas de demanda médica, apresentando distúrbios somato-psicológicos em que os problemas sexológicos estão inevitavelmente presentes. Isso acontece diariamente no consultório do clínico geral e é para as pessoas no limiar da senescência que os maiores esforços de prevenção devem ser feitos pelo médico, cuja compreensão clínica deve ir além do sintoma somático.

A necessidade de mudar o comportamento sexual não é exclusiva da velhice. Mudanças e pequenos handicaps, os riscos e as crises da existência podem ocorrer a qualquer momento e perturbar em qualquer idade os hábitos eróticos do homem, da mulher, do casal. Com o envelhecimento, porém, o esforço de adaptação que o indivíduo deve fazer modificando seus hábitos anteriores deixa de ser excepcional para se tornar a regra. A adaptação torna-se, assim, um conceito-chave na compreensão clínica da sexualidade das pessoas que envelhecem.

As estatísticas mostram que muitas pessoas são capazes de se adaptar aos novos dados funcionais do corpo, mas também mostram que muitas pessoas não conseguem, destacando assim as dificuldades encontradas por determinados sujeitos que têm de lidar com mudanças fisiológicas. relacionadas ao envelhecimento. É aqui que o papel do médico se torna primordial.

Conheça também: > Xanimal comprar

Seis cuidados que todo homem deve ter para evitar a disfunção erétil

Seis cuidados que todo homem deve ter para evitar a disfunção erétil

Combata as causas do problema que afeta quase metade da ala masculina

De acordo com os dados mais recentes da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), através de um estudo em 22 cidades brasileiras, 44% dos homens do país possuem disfunção erétil. A doença pode ser definida como a incapacidade de manter uma ereção que permita penetração e uma relação sexual satisfatória para ambos envolvidos. Além disso, foi descoberto que 56% dos homens que sofrem com o problema afirmaram ser hipertensos, 19% diabéticos, 13% têm colesterol alto e, ainda, 12% deles são cardíacos.

Segundo o especialista em disfunção erétil, Carlos Araújo, não há uma causa única, muito menos um tratamento padrão para o problema. “A solução eficiente é analisar a fundo e com calma o problema do paciente, pois doença atinge pessoas das mais variadas idades e condições”, diz o cirurgião vascular. No entanto, existem causas cientificamente comprovadas da disfunção erétil. Conheça-as e saiba como evitar o problema.

Durma bem

Dormir – Foto: Getty Images
De acordo com um estudo da Unifesp, os pacientes que sofriam de impotência sexual despertavam mais durante a noite e tinham o sono fragmentado, sem conseguir chegar ao estado de sono profundo. “Além disso, a falta de sono aumenta as chances de problemas cardiovasculares e diabetes, favorece o ganho de peso, fatores que contribuem para a impotência”, diz Carlos. Outro problema associado é a automedicação de remédios para a impotência, que pode afetar negativamente o sono. “Muitos jovens têm se automedicado sem ter impotência, visando um efeito potencializado da ereção e, pior, associam os remédios à bebidas alcoólicas e drogas. A combinação pode ser fatal”, alerta

Leia também: comprar remédios para ereção

Drogas

Cigarro e bebida – Foto: Getty Images
Um estudo da Universidade Real de Londres confirma que o cigarro aumenta o risco de impotência. Homens que fumam têm 40% a mais de risco de sofrer de disfunção erétil. E quanto maior o número de cigarros consumidos, maior a chance de ter problemas na performance sexual. Mesmo aqueles que fumam menos de 20 cigarros por dia têm a chance de sofrer impotência aumentada em 24%. “Isso ocorre porque o cigarro tem substâncias que entopem a microcirculação, o que atinge também o pênis e a ereção”, diz o cirurgião. Um estudo da Unifesp também descobriu que entre usuários de álcool, cocaína, crack e ecstasy, 47% têm ejaculação precoce, redução de libido e impotência. “O problema também se relaciona à alterações vasculares, causadas pelo uso prolongado dessas substâncias”, afirma o cirurgião. Além disso, remédios como antidepressivos e para a calvície podem influenciar na ereção.

Machucados

Machucado – Foto: Getty Images
Muitos jovens que não sabem a origem do seu problema de ereção, podem ter sofrido um trauma na região do pênis. “Já atendi homens com disfunção erétil que haviam levado uma mordida da parceira no pênis. Nesses casos, em geral, fazemos uma cirurgia”, diz Carlos. O trauma é também frequentemente causado durante a prática de esportes. Caso você tenha sofrido algum acidente, por menor que seja, vale fazer uma avaliação com o urologista ou médico especializado.

Bicicleta

Bicicleta – Foto: Getty Images
Um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine alerta que ciclistas, especialmente os homens, devem tomar cuidado com os assentos de bicicleta que escolhem, dando preferência aos que não tem a ponta pronunciada. Muitos estudos anteriores demonstraram que ciclistas tinham maiores chances de ter impotência, por causa da pressão causada pelo assento da bicicleta no períneo. “Não é o caso de parar de andar de bicicleta, pois o problema não é muito comum. Mas vale atentar para o assento correto”, diz Carlos.

Diabetes

Diabetes – Foto: Getty Images
As artérias do pênis são muito sensíveis às alterações vasculares causadas pelo diabetes. Cerca de metade dos pacientes diabéticos têm problemas de ereção, segundo Carlos. E esses pacientes não podem ser tratados com os remédios mais conhecidos, como o Viagra, pois estes não surtem efeito. Mas há outras formas de tratamento, basta encontrar com um profissional especializado ajuda o quanto antes.

Barriga

Barriga – Foto: Getty Images
Uma pesquisa realizada pela Escola de Saúde Pública de Harvard mostrou que a obesidade e o sedentarismo aumentam as chances de disfunção erétil. O estudo notou, também, que os obesos sofrem mais com impotência, pois apresentavam o sistema circulatório debilitado, o que reflete na ereção.Além disso, a hipertensão e o colesterol alto têm relação com o problema. Ou seja, a circunferência abdominal não é causa direta da disfunção erétil, mas sim asalterações metabólicasdecorrentes da obesidade podem gerar problemas sexuais.

Conheça também: > Xanimal mercado livre

Ejaculação precoce

Ejaculação precoce

A ejaculação precoce é a ejaculação que ocorre muito cedo, geralmente antes, durante ou logo após a penetração.

As causas mais prováveis são a ansiedade, outros fatores psicológicos ou pele do pênis muito sensível.

Terapia de modificação de comportamento, incluindo estratégias para retardar a ejaculação, ajuda a maioria dos homens.

Leia também: Aumento peniano métodos

A ejaculação precoce muitas vezes causa sofrimento aos casais.

Muitos especialistas acreditam que a ejaculação precoce resulta quase sempre de ansiedade ou outras causas psicológicas. Outros pensam que a pele supersensível do pênis pode ser a causa. Ter relações sexuais com menos frequência do que o desejado pode piorar o problema, tornando o homem ainda mais sensível. A ejaculação precoce raramente é causada por uma doença, embora a inflamação da glândula prostática, hiperatividade da glândula tireoide ou um distúrbio do sistema nervoso pode causar o distúrbio.

Tratamento
Terapia de modificação de comportamento

A terapia de modificação de comportamento pode ajudar a maioria dos homens a superar a ejaculação precoce. Um terapeuta fornece tranquilidade, explica por que a ejaculação precoce ocorre e ensina as estratégias para que o homem retarde a ejaculação.

Outros métodos que podem ajudar um homem a retardar a ejaculação incluem o tratamento medicamentoso (com um inibidor seletivo da recaptação de serotonina, como fluoxetina, paroxetina ou sertralina, ou com antidepressivos tricíclicos, tais como a clomipramina). Tratamentos locais, que tendem a diminuir as sensações, como a aplicação de um anestésico no pênis e uso de preservativos, podem ajudar os homens a retardar a ejaculação. Às vezes, pode ser necessária uma combinação de tratamento medicamentoso e terapia de modificação de comportamento. Quando a ejaculação precoce é causada por problemas psicológicos mais sérios, o tratamento psicológico pode ajudar.

Conheça também: > Xanimal funciona

Para ajudar o homem com problemas sexuais

Os  3 tipos de próteses  devem ser apresentados:

  • –  Próteses semi-rígidas
  • –  Próteses infláveis ​​de  2 peças ou 3 peças com bomba para encher os cilindros intracavernosos com soro fisiológico. Os melhores resultados são obtidos com próteses de 3 peças, graças à presença de um reservatório de fluido fisiológico contido atrás da bexiga.

escolha da prótese é feita de acordo com a história médica, solicitação do paciente (estética, frequência de uso) e sua destreza. Para pessoas com osteoartrite grave ou obesidade, um implante semi-rígido pode ser aconselhável. É particularmente importante que o paciente e seu parceiro estejam bem informados sobre a operação e os riscos da operação. A operação dura cerca de uma hora e as complicações são inerentes a todas as operações cirúrgicas, mas  a taxa de satisfação dos  pacientes beneficiados é muito alta, da ordem de  90 a 98% .

Nos outros tratamentos, para as disfunções eréteis, pode-se propor ao paciente o uso de um vácuo que é uma bomba de vácuo . Um cilindro é colocado sobre o pénis e cria um vácuo que faz com que a precipitação sangue para o pénis e forçar o sangue a permanecer no corpo cavernoso é colocado um anel que se fixa a base do anel do pénis, que é removido no final do relatório e não deve ser deixado no local por mais de 30 minutos. É um tratamento mecânico sem medicação e é muito eficaz, mas só pode ser oferecido a pacientes selecionados.

Finalmente, os  problemas de ereção geralmente têm uma origem física e psicológica,  por isso, é aconselhável combinar a ingestão de medicamentos  e  entrevistas com um terapeuta sexual  na presença do parceiro, para melhor tratar a disfunção erétil.

Acabe com seus problemas sexuais lendo o livro “Destruidor de Ejaculação Precoce“.

Problemas de ereção: como prevenir? 

A disfunção erétil costuma ser reversível  e geralmente tudo volta bem rápido, com essas dicas simples:

Não dramatize  : esses problemas são comuns e uma solução é encontrada na maioria dos casos. Não se concentra na situação porque a  ansiedade pode piorar o problema . É necessário consultar se os problemas persistirem.

Melhore seu estilo de vida  :

  • – Ter uma dieta equilibrada , limitando o consumo de produtos gordurosos, salgados e doces.
  • – Ter atividade física regular .
  • –  Sem abuso de álcool, pois pode interromper a ereção por várias horas e o alcoolismo crônico pode danificar os nervos e ser responsável por problemas persistentes de ereção.
  • – Nenhum tabaco porque pode entupir as artérias do pênis. Parar de fumar às vezes é suficiente para resolver problemas de ereção.
  • – Perder peso em caso de obesidade e excesso de peso.

Essas medidas simples também ajudam a diminuir os níveis de colesterol e são particularmente indicadas em casos de diabetes ou pressão alta.

Finalmente, consultas especializadas e  terapias de casais também são recomendadas como medidas preventivas, mas também associadas ao tratamento. Para que  a disfunção erétil não seja inevitável , não hesite em abordar o assunto com um profissional de saúde com o qual você se sentirá à vontade: médico ou farmacêutico que o orientará e orientará. Se as causas da disfunção erétil são muitas vezes múltiplas e interdependentes, existem soluções!

Para ir mais longe . .

 

Problemas de ereção: o que é isso? 

Durante uma ereção, o pênis fica rígido porque se enche de sangue. De fato, sob o efeito da estimulação, a base dos músculos do pênis relaxar e deixar o sangue entra no que é chamado corpos cavernosos : estes são dois rolos que correm ao longo do comprimento do pênis. Esses corpos cavernosos são formados por uma concha flexível, mas muito resistente, permitindo que eles se levantem e se tornem muito rígidos: é a ereção .

Mas, infelizmente, muitas causas podem parar esse mecanismo . Isso é chamado de disfunção erétil , cuja definição é uma diminuição duradoura na qualidade das ereções, ou seja, uma incapacidade de obter ou manter uma ereção suficiente para ter uma relação sexual satisfatória. No entanto, mesmo em casos de disfunção erétil, é possível sentir desejo, ter um orgasmo e ejacular. Nós falamos apenas sobre problemas de ereção :

  • – Quando os problemas de ereção duram mais de 3 meses .
  • – Quando eles repetem cada sexo .

De fato, devemos diferenciar esses distúrbios de um possível fracasso temporário: esse fenômeno é bastante comum, não deve ser considerado um distúrbio.

Problemas de ereção podem ocorrer em qualquer idade, mas são muito mais comuns a partir dos 50 anos de idade . Mais de 3 milhões de pessoas em França sofrem de um problema de erecção com 1-9% de pessoas afectadas entre 18 e 39, até 30% de 40 a 59 anos, 40% entre 60 e 69 e 50 a 75% das pessoas com mais de 70 anos. A ocorrência de disfunção erétil também é mais comum entre fumantes , pessoas que consomem álcool e / ou pessoas obesas.

gestão desses distúrbios  na França é muito insuficiente. Embora possa ser intimidante abordar essa questão durante uma consulta, os médicos estão acostumados a discutir esse tópico, sendo a disfunção erétil uma razão muito comum para a consulta.

fonte: Site Val Popular dicas de tratamentos para impotencia sexual

Conheça também: > https://www.valpopular.com/xanimal-funciona/

Como aumentar o pênis: Aumente o tamanho do seu Pau Rapidamente (Método Comprovado)!

Como aumentar o pênis: Aumente o tamanho do seu Pau Rapidamente (Método Comprovado)!

Ter um pênis maior é o desejo da maioria dos homens, esse desejo é considerado até comum. Por este motivo, muitos métodos são mostrados como milagrosos quando se trata de como aumentar o pênis.

Dentre esses métodos existem vários tipos de exercícios penianos, géis penianos, bomba peniana, extensores penianos, cirurgias e outros métodos pouco conhecidos e divulgados. Mas qual desses é a melhor forma de ter um pênis maior e mais grosso?

Esta incrível maneira que tanto foi esperada por diversos homens no Brasil e pelo mundo foi desvendada por um cara que tinha o mesmo problema que muitos homens tem hoje.

Caso você esteja insatisfeito com o tamanho que o seu membro apresenta hoje, pode ficar tranquilo. Existem maneiras de conseguir reverter este problema e assim poder desfrutar mais das relações sexuais, através de um pênis realmente maior e mais rígido.

Para você que quer de uma vez por todas ter um pênis grade, mais grosso e ainda poder ter mais libido sexual, você realmente precisa ler este artigo até o final. Tenho certeza que irá te ajudar como nenhum outro.

Prometo que será diferente de tudo o que você já pesquisou o leu até agora. Eu testei e aprovei algumas táticas diferenciadas e faço questão de mostrá-las para você hoje.

Por este motivo e por eu ter tido o mesmo problema do criador deste método que irei te revelar, ou seja, o problema que é motivo de chacota em diversos patamares da vida de um homem que possui esse “pequeno problema“, a síndrome do pinto pequeno. Problema também conhecido como micropênis.

Através do que vou te mostrar agora, meu pênis aumentou de 11 cm para 16 cm em 4 meses praticando o método que irei te revelar, por isso meu caro amigo, peço que leia este artigo com atenção, pois o que vou te falar aqui hoje ninguém falou até agora.

Você já pode se considerar um homem de sorte por estar aqui e acompanhar algo que realmente funciona.

Ao final desta matéria exclusiva você vai saber como aumentar o pênis facilmente, sem ter que quebrar a cabeça, pesquisar feito louco na internet ou ter que usar utensílios ridículos que na verdade machucam o órgão reprodutor masculino.

Eu peço agora que você esqueça toda e qualquer técnica que você aprendeu ou leu sobre como aumentar o pênis, pois o que vou te revelar e entregar são técnicas milenares, simples de aplicar e muito eficazes.
Não perca uma linha e vamos seguindo.

Por que o tamanho do pênis preocupa tanto?
Devemos antes de tudo focar em um ponto para que possamos refletir, tais como: qual é o motivo principal que leva tanta preocupação com o tamanho do órgão sexual?

A melhor forma de você identificar se realmente tem um pênis de tamanho inferior ou atrofiado é no consultório médico do urologista. Nunca aceite consultas em qualquer lugar, estamos falando para você se consultar com um especialista e não é barato.

Na visão de um médico especializado em andrologia, o diagnóstico de início feito de forma correta faz total diferença na forma de pensar do paciente, que normalmente é: quero aumentar o tamanho do pênis; ou meu pênis tem um tamanho muito pequeno.

Para ter as respostas antes de fazer qualquer consulta, saiba que o tamanho do pênis do brasileiro, em média, possui cerca de 13,5 a 15 cm ereto.

Muitas vezes o homem possui o tamanho do pênis normal ou até mesmo acima da média e procura procedimentos cirúrgicos para resolver o problema o que não é nada indicado.

Essa sensação de ter o pênis pequeno faz com que o homem se sinta inferior e isto atrapalha bastante na atividade sexual.

De qualquer maneira você vai aprender hoje as principais técnicas do mundo na qual homens comuns conseguiram aumentar consideravelmente o tamanho do órgão sexual com produtos 100% naturais, esta sempre será a melhor opção e você precisa conhecê-las. Fique tranquilo, até o final do artigo apresentaremos os melhores produtos e indicações.

Como eu consegui aumentar o meu pênis e o que realmente funcionou comigo!
Agora antes de te explicar este método, quero me apresentar e te falar que sou uma pessoa real e comum, assim como todos nós.

Meu nome é Rodolfo Medeiros, tenho hoje 36 anos, sou psicólogo e durante 34 anos da minha vida eu tive o pau pequeno.

Não tenho vergonha nenhuma em dizer isso, até porque ficou no passado e eu não tenho medo de falar disso, pois através das minhas palavras sei que posso ajudar muita gente.

Se você está aqui agora lendo esta matéria, talvez você também sofra ou conhece alguém que tenha este mesmo problema, também conhecido como “micropênis“.

O problema que eu tive é conhecido como a “síndrome do pinto pequeno“. Pois micropênis, é para quem tem um membro abaixo de 8 centímetros ereto.

Durante todo esses trinta e cinco anos passei por diversas situações vergonhosas, não só no colégio, mas na faculdade, no trabalho e isso me trouxe uma baixa autoestima. Até acredito que foi um dos motivos que escolhi me formar em psicologia.

Eu esperava não ter ninguém no banheiro para fazer xixi ou simplesmente usava banheiros privados toda vida que eu encontrava um, não sei se acontece com você, mas comigo acontecia.

Além disso eu me sentia menos homem e acabei ficando extremamente frustrado com o tempo.

Transei muito pouco até a idade que comentei acima, cerca de 6 vezes até lá, e isso pode parecer engraçado mas é catastrófico para um homem.

Toda mulher que eu pegava e levava para cama, toda, sem exceção, não sentiam prazer no ato sexual.

Algumas delas admito que ficavam até o final, mas eu via nos olhos daquelas mulheres que estava desconfortável e que elas estavam apenas fingindo para acabar logo.

Agora eu não as culpo, realmente nasci com um problema e fui em busca de curá-lo.

Tudo mudou quando comecei acessar sites na internet e me deparei com um vídeo falando sobre um método, este era um um produto natural que era chamado de Macho Man Adulto. Este produto simplesmente mudou a minha forma de pensar sobre o meu problema e na primeira semana que eu usei o produto, já consegui notar alguns resultados.

A cada dia me animava mais e mais, os resultados foram melhorando, e foi por isso que resolvi fazer este artigo.

Eu precisava falar isso para o máximo de homens que poderiam sofrer com o mesmo problema que eu tive, ou para você que está insatisfeito com o tamanho do seu pênis e quer tornar o seu “companheiro” ainda maior!

Agora antes de te apresentar vou te dar algumas dicas essenciais para você começar aumentar o seu pau ainda hoje.

Veja como aumentar o pênis com exercícios caseiros, logo abaixo!

Exercícios para aumentar o pênis
Os médicos e cientistas ainda não possuem muita firmeza na tese do aumento peniano através de exercícios, eles não acreditam que isso possa realmente aumentar o tamanho do membro. Entretanto, várias pessoas já declararam terem tido resultados rápidos e positivos, após fazer esse tipo de atividade física para disfunção erétil, impotência e aumento peniano.

Com estes exercícios você conseguirá aumentar tanto a grossura do seu pau, como o tamanho do seu pinto, pelo menos na teoria.

A principal dica é fazer os exercícios quando você não estiver excitado, se você fizer com ele duro, pode vir a sofrer lesões penianas.

Outra dica essencial é somar esses exercícios com um gel massageador peniano, eles ajudam muito ao pênis aumentar rapidamente.

O que você poderia demorar cerca de 2 anos, com um bom gel você conseguirá diminuir este tempo para 4 meses ou menos, dependendo da frequência dos exercícios e do uso do gel.

Sobre o gel fique tranquilo, irei te mostrar um produto que testei e posso te garantir que funciona. Mas antes conheça os exercícios!

Como aumentar o pênis com o Alongamento simples
Antes de fazer qualquer tipo de exercício em uma academia é necessário aquecer o músculo que você irá malhar. A mesma coisa acontece com o pênis, pois ele possui diversos músculos e precisa ser estimulado antes para que você não tenha nenhum tipo de lesão.

Agora pegue uma toalha de água morna, com bastante água, depois bote em cima do colega (pau) para deixá-lo preparado para iniciar.

Depois que fizer isso inicie o exercício de aumento peniano que é o bom e famoso alongamento.

Passe um gel de preferência antes de iniciar a atividade.

Agora você vai envolver a base do pênis com o seu dedão e o seu indicador, segure firme, mas não aperte o suficiente para gerar dor.

Agora faça um movimento de vai e volta, esticando o pênis para frente com os dedos, por toda a extensão do órgão, mantenha a pressão firme desde o começo.

Toda vida que chegar na cabeça do pênis (glande), ponha os dedos da sua outra mão na base do seu pau.

OBS: Você não pode soltar o pênis de forma alguma.

Agora repita o processo por no mínimo 10 vezes para cada série, faça 4 séries de 10 repetições para iniciar, 5 vezes por semana.

Você tem ou conhece alguém que possui problemas de falta de potência sexual? Então veja esta matéria completa sobre os melhores remédios caseiros para impotência sexual!!!

Como Funcionam as Cirurgias de Aumento do Pênis e quando devem ser feitas?
A cirurgia que aumenta o tamanho do pênis deve ser considerada sempre a última medida de tratamento, pois a realidade é que os resultados nem sempre são alcançados como se deveria, poderá surgir deformidades na região, o que acaba prejudicando a ereção.

Uma cirurgia somente é uma opção se o seu pênis for abaixo de 4 cm, são somente em casos extremos. Logo mais na frente vamos te apresentar algumas cirurgias mais conhecidas.

Preenchimento do pênis
Este é um dos procedimentos da atualidade, ele ajuda a aumentar a grossura do pênis. O procedimento poderá ser feito em consultório médico e normalmente é feito em pacientes que possuam o pênis com a circunferência de 1 ou 2 cm enquanto o pênis está molde (flácido).

É dada uma injeção de ácido hilaurônico debaixo da pele peniana, o resultado deste procedimento normalmente tem durabilidade de 18 meses, ou seja, é temporário.

O lado bom é que não precisará de cirurgia e o procedimento é considerado simples.

A recuperação leva em média 1 mês, durante este período não se deve ter contato íntimo. O país onde está sendo feito este procedimento é o Reino Unido, o preço médio para o tratamento gira em torno de 14 mil reais por injeção aplicada.

Como aumentar o pênis com o Alongamento invertido
Outra técnica é conhecida como alongamento invertido.

Para iniciá-la você deve colocar o polegar das duas mãos mais ou menos a 1 cm abaixo da sua glande (cabeça do pênis tá meu amigo, rs), os outros dedos coloque por baixo do pênis.

Depois que fizer isto puxe de forma suave a pele do seu pinto para trás usando os polegar, não mova os dedos que estão logo abaixo, quando sentir que a pele está se alongando pare. Lembre-se sempre que não é para você sentir dor.

Depois que sentir ele esticando pare por 25 segundo na posição, depois relaxe.

Leia também: Descubra Como aumentar o pênis

Faça uma repetição dessas de 4 a 8 vezes, durante 5 dias da semana, lembre-se de dar uma pausa entre as repetições.

Como aumentar o pênis com aparelhos de alongamento
Uma opção que eu não poderia deixar de comentar é o como conseguir aumentar o pênis com aparelhos de alongamento.

Essa é uma opção que é necessário um peso ou aparelho que fica preso na base da cabeça do pênis. Desta forma você tem a pressão necessário para alongar o pênis.

Os resultados deste método e dos outros que mostrei acima não são imediatos tá, mas se você fizer com frequência, dentro de poucos meses notará uma boa diferença.

Agora preste atenção, este tipo de método é interessante que você entre em contato com seu urologista.

Muitos dos produtos e equipamentos comprados na internet podem gerar lesões e deixar o seu pênis flácido e mole, diminuindo a sua ereção, não aceite qualquer coisa.

Como aumentar o pau com produto natural
Também é possível ter um aumento do pau de forma natural através de produtos específicos e naturais, depois de muita pesquisa eu encontrei o considerado o melhor produto do mercado.

O nome do produto é “Macho Man Adulto“, com ele é possível aumentar o tamanho do pênis em pouco tempo sem efeitos colaterais.

Você tanto conseguirá aumentar o tamanho como a grossura de forma simples!

O produto já possui mais de 1 milhão de clientes satisfeitos no Brasil e no mundo.

O método é aprovado inclusive no Japão pelo médico Ajinomoto, especialista em aumento peniano.

Eu tive a experiência com o produto, tomo até hoje e sinceramente, ele foi o que me trouxe os melhores resultados. O interessante deste produto é que logo na primeira semana você sente as mudanças.

O único efeito colateral que eu senti foi uma sensação gelada no início, depois você sente um certo aquecimento na região.

As mulheres que eu tive relação gostaram da sensação, achei estranho no início, mas depois de uma semana usando eu comecei a me acostumar.

Acesse link oficial do produto e entenda o que estou falando com seus próprios olhos: Macho Man Adulto Oficial!

Veja esta entrevista no Jornal da Capital sobre o produto: ENTREVISTA JORNAL DA CAPITAL

Observação: A matéria contêm cenas adultas, não acesse se tiver menos de 18 anos!
Como funciona o Macho Man Adulto?
Veja este vídeo de depoimento de um rapaz que usou cerca de 14 dias o produto Macho Man Adulto:

Os fermentos exclusivos que constituem parte do produto têm uma provocação positiva nos tecidos do pênis, tal como as câmaras do corpo cavernoso do pênis se alongam sem causar danos a este último, o que facilita o aumento real do pênis em tamanho e em largura.

O creme deve ser aplicado diretamente no pênis ereto com os movimentos de massagem.

É garantido e comprovado que após a massagem com o Macho Macho o tamanho do seu pênis aumentará +5 cm ao decorrer do tempo de uso.

Para fazer maior efeito aplique o creme cerca de meia hora antes do ato sexual e leia a conclusão deste artigo, lá eu dou a combinação que funcionou perfeitamente no meu caso e com certeza também irá funcionar contigo. Esse fator lhe dará a estimulação a mais necessária para o aumento do pênis tanto em tamanho como em largura.

Você sentirá uma ardência gelada, seguida de um esquentamento.

As mulheres adoram e seu pênis agradece!

Acesse o site oficial aqui: PÁGINA OFICIAL MACHO MACHO!

Xtrasize Original
Ainda não tive oportunidade de testar o Xtrasize, pois ainda estou com mais 2 potes do Macho Man Adulto. Resolvi colocar este produto por conta dos depoimentos que encontrei.

Vi pessoas reais falando muito bem e tendo resultados ainda maiores dos que os meus através do uso contínuo deste produto.

O mais bacana do Xtrasize é que as ereções que este produto proporciona são realmente incríveis.

Caso você não saiba são as ereções e a potência delas que fazem o seu pênis aumentar cada vez mais.

Na parte interna do pênis, existem o que chamamos de corpos cavernosos, essas são câmeras que se enchem de sangue.

Quando essas câmaras estão todas cheias de sangue, elas entram no processo de inchaço, desta forma que acontece a ereção.

É interessante que você saiba que quanto mais sangue o corpo cavernosos for capaz de armazenar, mais potente e forte será sua ereção, consequentemente mais rápido e potente será o crescimento do seu pênis.

Mas, para que esse processo aconteça, será necessário ter um corpo cavernoso realmente saudável, uma grande irrigação sanguínea, apetite sexual e um bom equilíbrio hormonal.

Conheça também: > Xanimal reclame aqui

 

 

Tratamentos contra distúrbios sexuais (masculinos)

A vida moderna, sob as condições de estresse permanente e cargas psicológicas fortes, leva cada vez mais à diminuição da libido em homens e mulheres. Esta diminuição ocorre gradualmente em uma pessoa absorvida pelo seu trabalho, sua carreira, que não sabe ou não sabe como relaxar, que passa pouco tempo com seu parceiro inclusive para fazer sexo, resultando em transformação da energia sexual para outras formas de energia.

motivação sexual desaparece, a frequência diminui de sexo e atividade sexual é reduzida .. A diminuição da libido também pode ocorrer devido a distúrbios biorhythmic do corpo: As perturbações do ritmo de sono e repouso levar a disfunção sexual.

Esse distúrbio ocorre mais freqüentemente em pacientes com retardo psicossexual, que têm uma constituição sexual fraca, para quem o ato sexual tem apenas uma razão regulada, a de reduzir a tensão sexual, que tem um comportamento sexual primitivo, sem sentimentos, paixão e desejo de agradar seu parceiro.

Distúrbios sexuais masculinos:

Os principais problemas sexuais em homens que são dirigidos a psicoterapeutas (sexólogos) são …

  • ejaculação prematura
  • ereção fraca (“pênis mole”)
  • ausência total de ereção
  • frigidez

Os distúrbios mais comuns, incluindo a ejaculação precoce e impotência masculina , serão discutidos abaixo.

O que é ejaculação precoce  ?

De fato, o que ouvimos sob a ejaculação precoce? Para algumas pessoas, uma hora de relação sexual não é suficiente, para os outros três minutos são suficientes. A literatura médica fornece várias definições de “ejaculação precoce”.

Em agosto de 2007, especialistas da Associação Internacional de Medicina Sexual, baseados na síntese de numerosos estudos, concluíram que a ejaculação precoce é uma “disfunção sexual nos homens, durante a qual ocorre a ejaculação. no primeiro minuto após a penetração vaginal , bem como a incapacidade de retardar a ejaculação em todos ou quase todos os casos, acompanhada por reações emocionais negativas, como estresse, ansiedade, frustração e o desejo de evitar relações sexuais “.

Em outras palavras, é a incapacidade de controlar a ejaculação na medida necessária para assegurar a ambos os parceiros a satisfação da relação sexual.

Na maioria das vezes, a ejaculação precoce tem causas psicológicas (particularidades de caráter e temperamento, contato sexual irregular, medos, atitude especial em relação ao parceiro). Mas a ejaculação precoce pode ser causada por doenças da próstata ou danos cerebrais orgânicos.

Se o sexo for muito curto, siga as recomendações abaixo:

  • durante o sexo tentar pensar em outra coisa, tanto quanto possível
  • Recomenda-se o uso de preservativos com anestesia
  • se masturbar antes do sexo
  • fortalecer os músculos pélvicos usando exercícios físicos
  • considerar a possibilidade de cirurgia para a circuncisão

Tratamento de ejaculação precoce: Treinamento para controlar a ejaculação

Muitas vezes, a ejaculação precoce desaparece sem tratamento médico. Em alguns casos, recusar ou reduzir o uso de álcool, tabaco e drogas pode melhorar a capacidade dos homens de controlar a ejaculação. Outras opções incluem usar um preservativo para reduzir a sensibilidade do pênis ou escolher uma postura diferente (por exemplo, deitada de costas) durante a relação sexual.

O tratamento da ejaculação precoce fornece psicoterapia que pode reduzir a ansiedade associada à ejaculação precoce. Geralmente, o tratamento inclui treinamento progressivo, melhorando a atitude psicológica para a relação sexual e melhorando o controle físico.

Se você precisa de algum suplemento para te ajudar nesse processo conheça o Gel Magnifiseur Instant Plus.

Conheça também: > Xanimal preço

TRANSTORNO DA EREÇÃO-IMPOTÊNCIA

DEFINIÇÃO DO DESORDENADOR DA EREÇÃO – IMPOTÊNCIA

A característica desse distúrbio é a incapacidade de obter ou manter uma ereção suficiente para permitir o coito.

Os problemas eréteis podem ocorrer em diferentes níveis: alguns apresentam a incapacidade de ter uma ereção desde o início da abordagem sexual, outros se queixam de que eles têm, a princípio, uma ereção adequada e depois a perdem e tentam penetrar. Outras pessoas ainda relatam que têm uma ereção suficientemente válida para penetração, mas depois a perdem mais tarde (DSM IV).
Embora a capacidade erétil durante a masturbação ou ao despertar seja mantida com frequência, às vezes até isso pode falhar.

A desordem da ereção é definida

• primária ou permanente, quando se manifesta desde as primeiras tentativas de relações sexuais,
• secundária ou adquirida quando ocorre mais tarde.

Existem também formas em que o distúrbio é:

• Situacional, manifesta-se apenas em certas situações ou com um parceiro específico (ver, por exemplo, os casos em que você pode ‘ter uma ereção apenas se a mulher tiver a iniciativa e um papel dominante na relações sexuais e outros em que tal comportamento inibe a ereção, pessoas que têm problemas erectos com o amante e em relacionamentos ocasionais e não com a esposa ou vice-versa, etc.)

• generalizado, se não houver situações de funcionalidade normal.

Dentro da desordem, você pode então distinguir a falta de ereção total ou parcial, se a ereção existe, mas é insuficiente para permitir a penetração (a mais comum).

As outras fases da resposta sexual, desejo e orgasmo, pode permanecer inalterado, de modo a que o homem pode ‘ser desejado também a relação intensamente sexual e ejaculado, ter um orgasmo ou semiflaccido também pênis flácido, ou eles podem estar presentes associados com uma perda geral de dificuldades de libido e ejaculatória.

• Em geral, situações menos importantes e estruturadas de dificuldade erétil são muito mais comuns do que as sérias.

Supõe-se geralmente que metade da população masculina tenha experimentado episódios de disfunção erétil ao longo da vida, constituindo este um fenômeno normal que pode ocorrer em qualquer idade pelas mais variadas razões.

Em consonância com isso, distúrbios eréteis secundários (que ocorrem após um período de funcionamento normal) são muito mais comuns do que formas primárias que podem estar subjacentes a patologias mais complexas.

CAUSAS PSICOLÓGICAS DO DISTÚRBIO DA EREÇÃO – IMPACTO

A disfunção erétil é frequentemente o produto de um entrelaçamento de fatores, sendo que cada um deles, individualmente, pode ser mais ou menos importante na determinação da síndrome naquele indivíduo em particular, mas que muitas vezes produz disfunção ao agir sinergicamente com outras pessoas.
No nível psicológico, encontramos um arco ininterrupto de causas que vão desde uma prefiguração superficial do fracasso até aquela profunda psicopatologia na qual a resposta sexual adquire um perigoso significado simbólico no nível inconsciente. 
Por conveniência de exposição podemos distinguir (H.Kaplan):

Causas imediatas – são identificadas nos fatores que são capazes de afetar imediatamente as reações do indivíduo envolvido em comportamento sexual, tais como:

• medo do fracasso

Pode ‘ser baseado em experiências negativas do passado, de reatividade exagerada’ declínios ereção normal durante as preliminares e as relações sexuais, a atenção excessiva ao prazer de parceiros que afetam o abandono precisa e ouvir os seus sentimentos, as reivindicações de benefícios por do parceiro, etc.

• Espectador

Atitudes de defesa involuntárias de sensações eróticas através de “comportamentos de auto-observação ou pensamentos críticos obsessivos” (H. Kaplan), que tornam o abandono necessário difícil, impossível, perdido na experiência sexual e perturbam as reações sexuais normais em vários níveis.
Esse é o fenômeno característico que Master e Johnson chamavam precisamente de Espectador, isto é, de serem espectadores de si mesmos, de se colocarem fora como observadores e, muitas vezes, de suas reações.

• Dificuldade em produzir um comportamento sexual efetivo

Essas dificuldades podem ser baseadas na ignorância da dinâmica sexual, às vezes causada pela presença de medos e sentimentos de culpa que impedem a experimentação e a exploração da sexualidade, e levam à produção de técnicas amatórias inadequadas e descuidadas e sensíveis.

Se medos e culpas predominam, a pessoa mais ‘ou menos inconscientemente pode’ olhar parceiros pouco atraentes , procurar relações sexuais sob circunstâncias desfavoráveis , evitar de várias maneiras para estimular os parceiros efetivamente , distraído, ouvindo e dall’assecondamento de suas sensações eróticas , tornam a mente absorvida por pensamentos anti-eróticos, etc.

Causas relacionadas ao relacionamento do casal

• Rejeição do parceiro 
Todas as causas que podem levar à recusa muitas vezes não reconhecida do parceiro podem causar dificuldades eréteis. Quando uma pessoa não sente atração ou mesmo repulsa pelo outro, em um nível físico ou psicológico, é naturalmente muito difícil, se não impossível, trabalhar sexualmente. Se o homem não está ciente disso ou tem razões que o levam a rejeitar essa consciência, ele pode considerar-se portador de um distúrbio que na realidade representa apenas uma reação fisiológica normal.

• Projeções sobre o parceiro 
Projeções de experiências não derivadas da experiência real do indivíduo, mas da anterior com os pais , que dificultam o abandono sexual: por ex. a imagem interna de uma mãe crítica, autoritária e punitiva, revivida do parceiro, pode certamente tornar a função sexual mais frágil, etc.

• Falta de confiança no parceiro

• Lutas de poder 
Conflitos, por exemplo, ligados a quem controla e quem controla o casal, em que o sexo pode se tornar um instrumento de luta.

• Importantes expectativas conscientes ou inconscientes desapontadas

• Dificuldade na comunicação 
Um relacionamento sexual bem-sucedido freqüentemente implica a possibilidade de ser capaz de comunicar com clareza suficiente as necessidades, desejos, emoções, etc. e todo obstáculo ao fazer isso pode resultar na dificuldade de levar adiante o relacionamento adequadamente (H. Kaplan).

No final desta lista, é natural salientar que estas são apenas as causas mais importantes e mais frequentemente encontradas na prática clínica, mas que infelizmente não esgotam todas as causas possíveis.

Descubra um produto que esta melhorando a sexualidade do homem, ele se chama vigmaxx.

Conheça também: > Xanimal onde comprar

Impotência : causas, sintomas e tratamentos

Impotência : causas, sintomas e tratamentos

A disfunção eréctil, ou impotência masculina, é a incapacidade temporária ou permanente em manter uma ereção satisfatória para uma relação sexual. No entanto, é útil diferenciar a impotência sexual de falhas ocasionais.

Estas são pontuais e devidas principalmente ao stress, fadiga, álcool, tabaco ou obesidade.

Pode-se falar em impotência apenas se o problema persistir por um período de mais de 6 meses. As falhas sexuais crônicas constituem uma disfunção sexual cada vez mais comum entre os homens, que atinge cerca de 30% na casa dos 40 anos.

Quais são os tratamentos ? Quais são as causas da impotência ? Como evitar ? Quem consultar ? Quais são as consequências para o homem ? Qual o papel do parceiro ? Respondemos a todas as perguntas que tiver, neste guia dedicado à disfunção eréctil e aos seus tratamentos !

Viagra : o tratamento mais recomendado para combater a ejaculação precoce

Sem surpresas, Viagra é o medicamento mais prescrito para homens que desejam recuperar o controle sobre sua ereção e eliminar fases de impotência.

Este tratamento pertence a um grupo de medicamentos conhecidos como inibidores da fosfodiesterase do tipo 5. É prescrito para homens adultos que sofrem de disfunção eréctil, que consiste em uma incapacidade para atingir ou manter uma ereção suficiente para ter uma atividade sexual satisfatória.

Para que este medicamento seja eficaz, a estimulação sexual é necessária. É, portanto, um complemento e não uma pílula milagrosa ! Para descobrir alternativas ao Viagra, veja o resto do artigo.

Au sommaire [Cacher]

1 Viagra : o tratamento mais recomendado para combater a ejaculação precoce
2 A ereção : como funciona ?
2.1 Nota
3 Os sintomas de uma disfunção érectil
4 Por que sofremos de impotência : as principais causas
4.1 As causas fisiológicas :
4.2 As causas psicológicas :
5 Por que tem que se tratar rapidamente ?
6 A impotência é realmente reversível ?
7 As diferentes soluções para combater a disfunção erétil
7.1 Se a impotência é psicológica
7.2 Se a causa é fisiológica
8 Comparativo entre Spedra, Vitaros, Levitra, Viagra e Cialis
A ereção : como funciona ?
A ereção corresponde ao inchaço e endurecimento do pênis. Estes ocorrem quando, sob o efeito da excitação sexual, os corpos cavernosos que estão dentro do pênis se enchem de sangue. O prepúcio retrai-se então para expor a glande e permitir a relação sexual.

Ser capaz de ter uma ereção é mais complexo do que parece. De fato, vários componentes do corpo entram em jogo para ter uma relação sexual satisfatória:

o cérebro
os nervos
as hormonas
os vasos sanguíneos
Portanto, se uma dessas 4 partes apresenta um problema, é toda a “máquina” que começa a disfunção.

Nota
A impotência sexual não deve ser confundida com falta de desejo sexual ou ejaculação precoce. Também não é sinônimo de esterilidade. A impotência é um distúrbio por si só, que requer, portanto, medidas especiais para ser atenuada e / ou eliminada.

Os sintomas de uma disfunção erétil
A impotência sexual masculina afeta todos os homens, independentemente da cultura ou classe social. Embora muito comum depois dos 40 anos, também pode afetar pessoas mais jovens. Ela se define nos homens por :

a impossibilidade de manter uma ereção com rigidez peniana suficiente para permitir um relacionamento íntimo
a impossibilidade de obter uma ereção
E isso, apesar de um desejo sexual normal. Torna as relações sexuais e a masturbação difíceis, se não impossíveis, afetando assim grandemente o bem-estar daqueles que a experimentam. E é, em regra geral, extremamente mal vivida e envenena a vida de muitos casais.

Por que sofremos de impotência : as principais causas
A impotência é principalmente um problema de fluxo sanguíneo no pênis. Este problema pode ter muitas causas que devem ser eliminadas à medida com exames médicos. Assim, podemos distinguir duas famílias principais de perturbadores da ereção :

As causas fisiológicas :
obesidade
doenças cardiovasculares : hipertensão, hipotensão, aterosclerose, infarto…
diabete
tabagismo
doenças neurológicas : tumores, esclerose múltipla, doença de Alzheimer, doença de Parkinson…
certos medicamentos : antidepressivos, neurolépticos, diuréticos, betabloqueadores, pílulas para dormir, quimioterapia…
certos cancros
uma cirurgia de próstata ou bexiga
problemas de dependência : álcool, drogas
distúrbios hormonais : diminuição da testosterona, disfunção tireoidiana
insônia, fadiga
As causas psicológicas :
depressão, ansiedade…
trauma : acidentes, luto
dificuldades dentro do casal : tédio, infidelidade…
stress
um problema de identidade sexual…
Que a impotência seja causada por problemas médicos ou psicológicos, é bom saber que os riscos de contrair aumentam com a idade.

Causas-da-disfunção-erétil

Por que tem que se tratar rapidamente ?
É necessário tentar tratar a impotência sexual o mais rápido possível para que não se estabeleça e não se transforme num verdadeiro bloqueio psicológico. Além do fato de ser tratado para remediar aos problemas de autoestima e, para recuperar uma vida sexual satisfatória, é aconselhado realizar exames médicos o mais cedo possível, a fim de eliminar rapidamente uma das patologias mencionadas acima.

Embora muitos homens achem difícil falar sobre isso, o médico de família esta atento aos seus pacientes e garante a confidencialidade. Só ele pode prescrever análises mais avançadas e, se necessário, indicar um urologista, um sexólogo ou um psicólogo, dependendo da origem do problema.

A impotência é realmente reversível ?
Sim, hoje a impotência masculina não é mais uma fatalidade. Existe uma variedade de tratamentos adaptados a cada causa.

As diferentes soluções para combater a disfunção erétil
Felizmente, existem hoje muitas soluções para lidar com este problema doloroso e sentido como vergonhoso por aqueles que sofrem com ele. Muitas vezes, o tratamento envolve uma mudança de estilo de vida para se sentir melhor e cuidar de si.

O exercício físico é um componente obrigatório de qualquer tratamento. Não só benéfico para o corpo, é também um fator de relaxamento, necessário para obter uma ereção satisfatória.

Se a impotência é psicológica
Se a causa da impotência é psicológica, é necessário fazer uma terapia individual ou de casal ou mesmo consultar um sexólogo. Os tratamentos, listados abaixo, podem ajudá-lo, sem dúvida, mas não irão resolver o problema subjacente !

Se a causa é fisiológica
Os medicamentos
Existem muitos medicamentos disponíveis para ajudar a alcançar uma ereção firme e duradoura. Cada um é diferente, mas se distinguem dois modos de ação para escolher, de acordo com as prioridades do paciente :

um medicamento de ação rápida
um medicamento que aumenta a duração da ereção
É também possível tomar testosterona.

É importante lembrar que qualquer medicamento pode ter efeitos secundários e que, cada pessoa sendo diferente, estes podem ser mais ou menos bem tolerados. Existem também riscos com as interações medicamentosas. Deve ter-se o cuidado de consultar o seu médico acerca de qualquer outro tratamento, se necessário.

Além disso, tomar medicação não garante uma ereção que não pode ocorrer sem preliminares, indispensáveis para provocar uma excitação. Os indutores de ereção, portanto, garantem não haver um risco de ereções inoportunas.

Por outro lado, alguns homens lamentam um pouco o aspecto “mecânico” da sua tomada, que exige obrigatoriamente a previsão de uma relação sexual, uma vez que devem ser ingeridos alguns minutos antes desta.

Os principais medicamentos para ajudar a ereção são os seguintes :

Viagra : o tratamento mais conhecido e mais vendido em todo o mundo. Na forma de comprimidos, o Viagra possui o agente ativo Sildenafil e geralmente atua em menos de 60 minutos e por um período de 4 a 6 horas.
Cialis : quase tão conhecido como o primeiro, está também disponível na forma de um comprimido à base de Tadalafil e funciona até 36 horas após cerca de 40 minutos.
Spedra : o último no mercado, também está na forma de comprimidos, com base no Avalafil. Funciona em menos de 15 minutos (é o mais rápido!) E pode promover uma ereção durante 5 a 6 horas.
Levitra : ainda na forma de comprimido, à base de Vardenafil, atua após 30 minutos e por 4 a 6 horas.
Vitaros : o único tratamento na forma de Gel. É extremamente rápido (5 a 30 minutos), mas o seu raio de ação é o mais baixo entre todos os tratamentos: 1 a 2 horas.
Sildénafil : é a versão genérica do Viagra, com a mesma base de agente ativo. Permite causar uma ereção em menos de 30 minutos.
Caverject : o único tratamento na forma de injeção. Injeta diretamente na via intracavernosa do pênis para causar ereção depois da estimulação sexual.
Tratamentos locais
Para os pacientes que acham que tomar uma medicação é demasiado restritivo, há um tratamento local que consiste em injeções intercavernosas de Alprostadil, a fazer sozinho, diretamente no pênis cerca de 10 minutos antes da relação, a fim de assegurar uma ereção que pode durar de 1 a 2 horas

Alprostadil é uma variante da prostaglandina com propriedades vasodilatadoras e, assim, ajuda a estimular o fluxo sanguíneo no pênis.

Leia também: Viagra Natural Anvisa

Existe também um acessório para manter a ereção : a bomba de vácuo. É colocada no pênis antes da relação e depois acionada. Permite que o sangue flua para o pênis.

Uma vez inflado, um garrote deve ser colocado na base do pênis para manter esse influxo. De seguida, o garrote é removido quando a relação for concluída. Essa técnica requer alguma experiência e é apenas temporária, pois só funciona por 30 minutos.

Tratamentos cirúrgicos
Finalmente, para os mais radicais, especialistas desenvolveram vários tratamentos cirúrgicos. Até hoje, é possível :

A pose de um implante peniano que pode ser inflado ou semi-rígido (a última opção aumenta o risco de uma ereção quase constante). Na maioria das vezes, a bomba destinada a inflar está sob o escroto para uma ótima discrição. Este tipo de implante é completamente invisível, pois não contém líquido. Por outro lado, é importante notar que esta operação destrói irreversivelmente o tecido erétil ;
Uma intervenção de revascularização para pessoas com fluxo sanguíneo reduzido não relacionado ao diabetes. Essa técnica é reservada principalmente a pessoas que sofreram uma fratura de pélvis ou homens jovens;
Proceder a uma laqueação venosa em caso de derrame venoso. Esta operação permanece extremamente controversa ao momento.
Seja qual for a opção escolhida entre todos esses tratamentos, é importante falar sobre este problema com o seu/sua parceiro(a) para não atrapalhar o relacionamento.

Comparativo entre Spedra, Vitaros, Levitra, Viagra e Cialis
Às vezes é difícil encontrar um caminho entre todos os tratamentos médicos no mercado ! Estamos aqui para ajudá-lo a fazer a escolha certa, e isso envolve uma comparação objetiva dos diferentes critérios de seleção.

Porque apesar da eficácia de todos estes tratamentos contra a impotência esteja hoje comprovada, o que os diferencia bastante é 1) a posologia, 2) o preço e 3) o tempo de ação. Aqui está tudo o que precisa saber sobre os principais tratamentos agora disponíveis para compra que são : o Gel Vitaros, e os comprimidos Viagra, Levitra, Cialis, e claro, a novidade no mercado : Spedra!

Conheça também: > Xanimal Anvisa

Blog do pênis pequeno

Frequentemente, as habilidades físicas também estão associadas a habilidades amadoras: o “talentoso” não é apenas fisicamente responsável, mas também um verdadeiro sedutor. As medidas alimentam a imagem erótica feminina: é uma questão de expectativas.

Então essas medidas , no final, contam ou não? Quantas vezes, brincando, nos encontramos imaginando, com os amigos se eram 13 , 15 ou 18 ? E não diga não porque não acreditamos nisso. Mas então a atração por um homem também passa por suas medidas íntimas ? Aparentemente sim: assim como altura, cintura e ombros, o tamanho de um homem é importante. Isto é afirmado por um estudo da Universidade de Ottawa . Também sublinha como, para nós, mulheres, nem sempre é fácil e óbvio poder falar sobre isso. Apenas 33 de cada 100 mulheres admitem sem hesitação e constrangimento que sim, juntamente com a compreensão erótica , o tamanho conta em um relacionamento.

Se você quer um blog que ajude homens com o membro pequeno eu te apresento blog da cis.

Mas uma outra investigação, desta vez Inglês, da Faculdade Londres do rei , que estudou mais de 15 mil ‘membros’ do mundo, que estabeleceu um padrão: 12/13 centímetros de comprimento seria o tamanho ideal do pênis ereto porque a mulher está totalmente satisfeita. Em suma, se os homens sempre foram importantes, mesmo para o gênero feminino, as medidas desempenham um papel decisivo.

Consciência do valor do tamanho aumenta proporcionalmente a ‘ idade da mulher: meninas muito jovens não dá-la a números de sexo igual importância de um 40 anos de idade, por que vivem principalmente do amor romântico e se você ama e é correspondido, pela sua própria as medidas não contam . Entre 18 e 30 anos, você acha que mais do que qualquer outra coisa para ficar bem fisicamente e com o tempo a situação muda, e só ultrapassou o ‘ porta ‘ você percebe que a sexualidade tem pouco a ver com o ” amor : depois de uma separação eles estão procurando por histórias de sexo e, nesse ponto, descobrem o valor das medidas penianas e o nível diferente de prazer e prazer que eles podem dar. E assim esse “aspecto” do homem adquire maior importância.

Mas quanto as medidas afetam o prazer sexual ? É desnecessário dizer que as dimensões contam desde que o homem saiba usá-las : sem desejo e atenção ao prazer do parceiro, os centímetros são realmente inúteis! Especialistas dizem que, dado o comprimento médio de uma vagina que é de cerca de sete centímetros, um pênis que nas ereções mede entre 10 e 12 centímetros , pode permitir uma penetração e relações sexuais satisfatórias.

Há também aqueles que dizem que a diferença entre as folhas não é o comprimento, mas a circunferência . Você não vai acreditar, mas é verdade: o pênis durante o ato sexual ‘com’ adere bem às paredes vaginais, que são uma área rica em terminações nervosas , produzindo sensações agradáveis. Em contraste, um membro pequeno envolve a necessidade de a mulher apertar os músculos do anel vaginal para tentar senti-lo. E as coisas ficam mais difíceis.

Melhor então um super ou um micro talentoso ? Digamos que um homem muito talentoso tem um pênis medindo cerca de 20 cm em ereção (e pode ser de até 25 cm), mas se ele não excede seis, sete centímetros então nós temos que falar sobre micro-dotado. É duvidoso que um hung vai gostar, porque, por algum boa coisa também: a muito pénis grande pode causar dor ou até mesmo abrasões cervicais. E mais frequentemente do que não, com a intenção de ser delicado, você perde sua paixão. O problema da microdotati diz respeito à total ausência de estimulação do clitóris , a zona mais erógena de nós mulheres .

Os homens começam do pequeno para comparar medidas . E não há alguns meninos que sofrem de ansiedade de desempenho , sejam eles super-micro ou normo-talentosos! Será por todas essas considerações que o tamanho do pênis ainda é um assunto tabu para sexo forte ?

Conheça também: > Xanimal

DEFINIÇÃO DO DESORDENADOR DA EREÇÃO – IMPOTÊNCIA

A característica desse distúrbio é a incapacidade de obter ou manter uma ereção suficiente para permitir o coito.

Os problemas eréteis podem ocorrer em diferentes níveis: alguns apresentam a incapacidade de ter uma ereção desde o início da abordagem sexual, outros se queixam de que eles têm, a princípio, uma ereção adequada e depois a perdem e tentam penetrar. Outras pessoas ainda relatam que têm uma ereção suficientemente válida para penetração, mas depois a perdem mais tarde (DSM IV).
Embora a capacidade erétil durante a masturbação ou ao despertar seja mantida com frequência, às vezes até isso pode falhar.

A desordem da ereção é definida

• primária ou permanente, quando se manifesta desde as primeiras tentativas de relações sexuais,
• secundária ou adquirida quando ocorre mais tarde.

Existem também formas em que o distúrbio é:

• Situacional, manifesta-se apenas em certas situações ou com um parceiro específico (ver, por exemplo, os casos em que você pode ‘ter uma ereção apenas se a mulher tiver a iniciativa e um papel dominante na relações sexuais e outros em que tal comportamento inibe a ereção, pessoas que têm problemas erectos com o amante e em relacionamentos ocasionais e não com a esposa ou vice-versa, etc.)

• generalizado, se não houver situações de funcionalidade normal.

Dentro da desordem, você pode então distinguir a falta de ereção total ou parcial, se a ereção existe, mas é insuficiente para permitir a penetração (a mais comum).

As outras fases da resposta sexual, desejo e orgasmo, pode permanecer inalterado, de modo a que o homem pode ‘ser desejado também a relação intensamente sexual e ejaculado, ter um orgasmo ou semiflaccido também pênis flácido, ou eles podem estar presentes associados com uma perda geral de dificuldades de libido e ejaculatória.

• Em geral, situações menos importantes e estruturadas de dificuldade erétil são muito mais comuns do que as sérias.

Supõe-se geralmente que metade da população masculina tenha experimentado episódios de disfunção erétil ao longo da vida, constituindo este um fenômeno normal que pode ocorrer em qualquer idade pelas mais variadas razões.

Em consonância com isso, distúrbios eréteis secundários (que ocorrem após um período de funcionamento normal) são muito mais comuns do que formas primárias que podem estar subjacentes a patologias mais complexas.

CAUSAS PSICOLÓGICAS DO DISTÚRBIO DA EREÇÃO – IMPACTO

A disfunção erétil é frequentemente o produto de um entrelaçamento de fatores, sendo que cada um deles, individualmente, pode ser mais ou menos importante na determinação da síndrome naquele indivíduo em particular, mas que muitas vezes produz disfunção ao agir sinergicamente com outras pessoas.
No nível psicológico, encontramos um arco ininterrupto de causas que vão desde uma prefiguração superficial do fracasso até aquela profunda psicopatologia na qual a resposta sexual adquire um perigoso significado simbólico no nível inconsciente. 
Por conveniência de exposição podemos distinguir (H.Kaplan):

Causas imediatas – são identificadas nos fatores que são capazes de afetar imediatamente as reações do indivíduo envolvido em comportamento sexual, tais como:

• medo do fracasso

Pode ‘ser baseado em experiências negativas do passado, de reatividade exagerada’ declínios ereção normal durante as preliminares e as relações sexuais, a atenção excessiva ao prazer de parceiros que afetam o abandono precisa e ouvir os seus sentimentos, as reivindicações de benefícios por do parceiro, etc.

• Espectador

Atitudes de defesa involuntárias de sensações eróticas através de “comportamentos de auto-observação ou pensamentos críticos obsessivos” (H. Kaplan), que tornam o abandono necessário difícil, impossível, perdido na experiência sexual e perturbam as reações sexuais normais em vários níveis.
Esse é o fenômeno característico que Master e Johnson chamavam precisamente de Espectador, isto é, de serem espectadores de si mesmos, de se colocarem fora como observadores e, muitas vezes, de suas reações.

• Dificuldade em produzir um comportamento sexual efetivo

Essas dificuldades podem ser baseadas na ignorância da dinâmica sexual, às vezes causada pela presença de medos e sentimentos de culpa que impedem a experimentação e a exploração da sexualidade, e levam à produção de técnicas amatórias inadequadas e descuidadas e sensíveis.

Se medos e culpas predominam, a pessoa mais ‘ou menos inconscientemente pode’ olhar parceiros pouco atraentes , procurar relações sexuais sob circunstâncias desfavoráveis , evitar de várias maneiras para estimular os parceiros efetivamente , distraído, ouvindo e dall’assecondamento de suas sensações eróticas , tornam a mente absorvida por pensamentos anti-eróticos, etc.

Causas relacionadas ao relacionamento do casal

• Rejeição do parceiro 
Todas as causas que podem levar à recusa muitas vezes não reconhecida do parceiro podem causar dificuldades eréteis. Quando uma pessoa não sente atração ou mesmo repulsa pelo outro, em um nível físico ou psicológico, é naturalmente muito difícil, se não impossível, trabalhar sexualmente. Se o homem não está ciente disso ou tem razões que o levam a rejeitar essa consciência, ele pode considerar-se portador de um distúrbio que na realidade representa apenas uma reação fisiológica normal.

• Projeções sobre o parceiro 
Projeções de experiências não derivadas da experiência real do indivíduo, mas da anterior com os pais , que dificultam o abandono sexual: por ex. a imagem interna de uma mãe crítica, autoritária e punitiva, revivida do parceiro, pode certamente tornar a função sexual mais frágil, etc.

• Falta de confiança no parceiro

• Lutas de poder 
Conflitos, por exemplo, ligados a quem controla e quem controla o casal, em que o sexo pode se tornar um instrumento de luta.

• Importantes expectativas conscientes ou inconscientes desapontadas

• Dificuldade na comunicação 
Um relacionamento sexual bem-sucedido freqüentemente implica a possibilidade de ser capaz de comunicar com clareza suficiente as necessidades, desejos, emoções, etc. e todo obstáculo ao fazer isso pode resultar na dificuldade de levar adiante o relacionamento adequadamente (H. Kaplan).

No final desta lista, é natural salientar que estas são apenas as causas mais importantes e mais frequentemente encontradas na prática clínica, mas que infelizmente não esgotam todas as causas possíveis.

Leia mais sobre o produto Vigmaxx.

Conheça também: > Xanimal bula

Tudo sobre a dificuldade de ereção

Descrição

disfunção erétil é a incapacidade, frequente ou regular, para obter ou manter uma ereção peniana suficiente para a relação sexual. Embora a maioria dos homens ocasionalmente não consiga uma ereção ou a perca prematuramente, alguns homens experimentam essas dificuldades regularmente.

Não há estatísticas precisas sobre o número de homens afetados porque esta é uma condição que não é bem relatada. Estima-se, no entanto, que no Canadá, cerca de metade dos homens com mais de 40 anos têm dificuldade em obter ou manter uma ereção. O número de homens com disfunção erétil aumenta com a idade, mas essa condição não é considerada uma consequência normal do envelhecimento. A maioria dos casos pode ser tratada com sucesso.

Causas

Uma grande variedade de condições, medicamentos, lesões e distúrbios psicológicos podem causar disfunção erétil. As causas mais comuns são:

distúrbios circulatórios – uma ereção ocorre quando o sangue enche o pênis e uma válvula localizada na base do órgão o bloqueia. Diabetes, hipertensão arterial, colesterol alto, a presença de coágulos e aterosclerose “endurecimento das artérias” pode dificultar esse processo. Esses problemas circulatórios são a principal causa da disfunção erétil. A disfunção erétil é frequentemente o primeiro sintoma visível associado à doença cardiovascular;

Doença de Peyronie – a condição que causa o aparecimento de nódulos fibrosos e placas nos genitais e uma interrupção do fluxo sanguíneo;

câncer – o câncer pode atacar os nervos ou artérias essenciais à ereção;

Cirurgia – A cirurgia na região pélvica, especialmente o câncer de próstata, pode danificar os nervos e artérias necessárias para obter e manter uma ereção;

lesão pélvica ou lesão da medula espinhal – pode acontecer de uma lesão cortar os nervos que estimulam uma ereção;

distúrbios hormonais – a falta de testosterona (o hormônio sexual masculino) pode resultar de falha testicular, distúrbio da glândula pituitária ou o uso de certas drogas;

depressão – esta desordem é uma causa comum de disfunção erétil. A depressão é um distúrbio físico e psicológico, que pode ter repercussões físicas, mesmo que a pessoa se sinta confortável em uma situação sexual;

alcoolismo – o alcoolismo crônico pode levar à disfunção erétil, mesmo se não houver álcool no sangue no momento da relação sexual;

Fumar – Fumar cigarros faz com que os vasos sanguíneos se contraiam. Isso pode reduzir o fluxo sanguíneo para o pênis e causar disfunção erétil;

ansiedade de desempenho – a maioria dos homens teve disfunção erétil em algum momento por causa de seu medo de fracasso sexual. Se isso acontecer com frequência, a apreensão em relação ao sexo pode desencadear uma reação nervosa que impede a ereção e é provável que um ciclo vicioso se desenvolva;

transtornos psicológicos situacionais – alguns homens experimentam dificuldades apenas em certas situações ou com certas pessoas. Em um relacionamento conturbado, os homens às vezes não conseguem ter uma ereção com o parceiro, mas não têm problema em conseguir a ereção pelo resto do tempo;

aversão sexual – é raro alguém se sentir repelido por sexo. Esta situação é mais comum entre pessoas que sofreram abuso sexual durante a infância e aquelas que foram criadas de acordo com princípios religiosos estritos. Essa aversão às vezes existe em indivíduos homossexuais ou bissexuais que procuram levar uma vida heterossexual contra suas inclinações naturais;

medicamentos – os seguintes agentes estão entre aqueles que podem causar disfunção erétil:

  • álcool;
  • antidepressivos (por exemplo, citalopram, paroxetina, sertralina, amitriptilina)
  • drogas anticancerosas;
  • drogas ansiolíticas e sedativos (por exemplo, diazepam).
  • cocaína;
  • estrogio;
  • opioides;
  • diuréticos (por exemplo, espironolactona, clortalidona);

Você quer acabar com seus problemas sexuais saiba mais sobre o produto chamado Lib Power.

Sintomas e Complicações

Quando um homem não consegue obter ou manter uma ereção, é chamado de disfunção erétil , uma condição às vezes chamada de disfunção erétil.

Um homem pode às vezes ter ereções (por exemplo, de manhã, ao acordar), mas não pode ter uma ereção em uma situação de amor com seu parceiro. Isso geralmente é um sinal de um problema psicológico que pode estar relacionado ao relacionamento.

Quando um homem que tem ereções regulares de repente descobre que ele não pode mais tê-lo, é provavelmente um distúrbio nervoso ou hormonal, um problema de circulação ou os efeitos do álcool, drogas ou de drogas.

Se um homem consegue ter ereções, mas não tão rígido ou persistente como no passado, o problema é mais provável circulatório.

Se a cirurgia ou lesão estiver envolvida, a origem da disfunção erétil provavelmente já é conhecida. Um médico deve ser consultado sobre possíveis soluções.

Embora a disfunção erétil inevitavelmente leve à ansiedade, é importante manter seu parceiro o mais regular possível até que uma solução seja encontrada. Medicina moderna e técnicas terapêuticas podem ajudar a resolver problemas de ereção na maioria dos homens.

Conheça também: > Xanimal comprar

Tratamento para Impotência

Tratamento para Impotência

Cerca de 15 milhões de brasileiros enfrentam dificuldades para ter relações sexuais com suas parceiras. Um dos problemas mais comuns é a disfunção erétil, juntamente com ejaculação precoce.

Esse desafio não apenas destrói a autoconfiança e autoestima, como traz consequências negativas irrecuperáveis em relacionamentos, por exemplo, traição por parte da esposa.

Portanto, resolver esse problema é importante para a saúde mental e dos relacionamentos, permitindo que mais casais tenham alegrias e estímulos em seu relacionamento.

Os riscos das soluções mais populares?
Porém, a busca por uma solução rápida e milagrosa pode trazer grandes malefícios à saúde. Um exemplo claro disso é o Viagra.
O ativo desse medicamente se chama Sildenafil. E um dos maiores riscos que ele traz é o de parada cardíaca, ou seja, um enfarte fulminante.
Diversos estudos já atestaram e comprovaram que esse é um perigo gigante na vida do homem, como na pesquisa abaixo realizada pelo Journal of the American College of Cardiology:

Mais do que isso, usuários frequentes de Viagra e similares acabam desenvolvendo vício e dependência, não conseguindo nunca mais ter relações sexuais sem tomar o remédio.
Em outras palavras, o homem se torna prisioneiro de um medicamento que pode dar um infarto a qualquer momento.
E os efeitos adversos são desconfortáveis: dores de cabeça, congestão nasal, queimação no peito e por aí vai, como mostra o estudo abaixo da Science Direct.

Qual é a solução mais segura e garantida do mercado? Remédio para impotência
Nossa equipe de redação foi pesquisar as melhores opções atuais para resolver a disfunção erétil rapidamente, mas sem trazer os riscos à saúde que o Viagra desencadeia.
Fomos atrás do que os famosos e celebridades estão usando. Afinal, eles têm dinheiro e contatos dos melhores profissionais da área de saúde.
Ficamos muito surpresos quando descobrimos que 3 atores renomados brasileiros estão usando a mesma solução para ânimo e potência sexual: Stenio Garcia, Kadu Moliterno e Tonico Pereira.

Todos eles obtiveram mais desempenho e vigor no ato sexual, com ereções fortes e longas, dando adeus à impotência e ganhando mais desejo sexual. Isso utilizando um produto 100% natural.

Veja o que o próprio Stenio Garcia disse sobre essa solução:

Além disso, pesquisas recentes estão apontando essa solução como 82% mais potente que o Viagra, livre de riscos à saúde, ou seja, sem nenhuma chance de dar ataque cardíaco após sua ingestão.
Mas que solução é essa? Seu nome? Power Blue.

Em entrevista ao nosso portal, Tonico Pereira não poupou elogios ao Power Blue: “Esse produto natural me tornou um menino de novo, com ânimo e desposição na vida e na cama. Isso não tem preço para alguém que já viveu tanta coisa como eu.”

Veja mais sobre a opinião de Tonico sobre o Power Blue:

O galã Kadu Moliterno, um dos famosos que usam essa substância poderosa, chegou a gravar um depoimento sobre o impacto de Power Blue na sua vida:

Sem riscos e com resultados garantidos
Nós conversamos com as celebridades que estão utilizando essa solução em seu dia a dia, e um dos maiores incentivos que tiveram foi a questão da garantia.
“O Power Blue oferece 30 dias de garantia. Então, eu pensei que se não visse resultados, teria meu dinheiro de volta. Resolvi fazer o teste. Em menos de 1 semana, eu já estava mais potente!”, revela um dos atores que preferiu não se identificar.

Stenio Garcia, com sorriso enorme, brinca: “Minha esposa que adorou, e olha que ela é jovem, hein!”.

Mas não são só os famosos que estão melhorando sua vida sexual com Power Blue, o site do fabricante coleciona histórias de sucesso e evolução na qualidade e no desempenho a dois.

Portanto, essa garantia de satisfação é uma forma de mostrar a confiança que a Power Blue tem em sua fórmula, aprovada pela Anvisa e regularizada com o Ministério da Saúde.
O mais interessante é a composição da cápsula: totalmente natural, o que elimina todos os riscos que o Viagra traz.

Conversamos com um médico urologista, e ele revelou: “Essa combinação avançada coloca em xeque a indústria de remédios para impotência. Acredito que a indústria farmacêutica vai sentir uma baixa nas vendas quando o Power Blue se tornar ainda mais popular”.

“Ganhei 3cm a mais no tamanho após o uso”
Essa foi a frase de uma das pessoas que toma Power Blue já há 3 meses. E esse aumento peniano ocorre por conta do maior fluxo sanguíneo para a região, deixando a ereção mais dura e prolongada também.

87% das mulheres dizem que maior é bem melhor, portanto, além de conseguir aumentar a performance sexual, as pessoas que usam Power Blue estão encantando mais mulheres.

A maior Prova dos Resultados da Power Blue é a Satisfação das Companheiras e Melhora na Qualidade da Vida a Dois
Ouvimos as esposas de Kadu Moliterno e Stenio Garcia que falaram a mesma coisa: “Power Blue é Excelente!”

“Ela se sente segura em saber que é um tratamento que, além de funcionar muito bem, é totalmente natural e seguro!” – conta o ator Kadu Moliterno.

“A nossa vida a dois é outra, minha esposa está completamente satisfeita!” – conta o ator Stenio Garcia.

Autorizado pela ANVISA com Garantia de Segurança e Resultado
Power Blue recebeu sua autorização e registro da ANIVISA, para ser vendido e comercializado no Brasil, graças a sua fórmula única que garante a sua segurança e resultados comprovados.

Dessa forma, o Ministério da Saúde atesta a credibilidade e eficiencia desse incrível tratamento natural que não oferece riscos a sua saúde.

Como garantir o seu Power Blue com 70% de desconto
Fique atento às fraudes. Com atores da Globo e de outras emissoras confirmando o uso dessa solução natural em suas vidas, muitos vendedores estão oferecendo cópias. Fuja delas.
Não compre em nenhum outro site que não seja o oficial. Para acessar a página do Power Blue, conferir todos os detalhes e adquirir os seus potes, clique aqui!

De quebra, conseguimos um desconto para nossos leitores que chega a 70% de desconto. O lote é limitado e pode se esgotar a qualquer momento e estará disponível até o dia 20 de Novembro de 2018.

Faça como o Stenio Garcia, Kadu Moliterno, Tonico Pereira e mais de 2 mil clientes da Power Blue: pare com o Viagra e use a solução definitiva para seus problemas!

Conheça também: > Xanimal Mercado livre

Maca Peruana

Você Tem Problemas de Desânimo, Falta de Energia, de Libido e Desejo Sexual?

A impotência sexual ou disfunção erétil atinge, hoje em dia, cerca de 25 milhões de brasileiros acima dos 18 anos e aproximadamente 30% dos homens entre a faixa dos 40 anos tem problemas ou até não conseguem ter relações por falta de ereção. Isso se dá por diversos fatores mas o principal é o desequilíbrio entre hormônios, nervos e circulação no corpo.
Conheça o Maca Peruana, ele irá Solucionar Todos os Seus Problemas!

O Maca Peruana veio para trazer o equilíbrio que faltava na sua vida, são dois frascos de cafeína e Maca Peruana que combinados te trazem inúmeros benefícios como ereções mais fortes e duradouras, evita a impotência e a ejaculação precoce, traz o aumento do desejo e do desempenho sexual, te dá mais energia e disposição além de acelerar o seu metabolismo e por consequência queimar calorias.

Como Funciona o Maca Peruana funciona?

Nosso produto foi desenvolvido depois de muitos estudos científicos que comprovam a eficácia da Maca Peruana aliada à cafeína para melhorar a disposição e o desempenho sexual. O principal agente é justamente a Maca Peruana, se trata de um tubérculo parecido com um rabanete, que se desenvolve em condições extremas na Cordilheira dos Andes, no Peru. Ela é rica em Vitamina E que é um poderoso antioxidante para produção de hormônios sexuais, que atuam diretamente no desejo e desempenho.

Combinando-a com a cafeína que te traz disposição para começar o dia com energia, o Maca Peruana é além de estimulante, também um poderoso termogênico, ou seja, ele acelera o seu metabolismo transformando a gordura em fonte de energia. Com todos esses princípios ativos ele te deixa mais ativo 24h, principalmente na “Hora H”.

Como e Onde Comprar, Qual o Preço do Maca Peruana? Tem no Mercado Livre? Potente extra forte funciona
Você pode adquirir o poderoso Maca Peruana original em nosso site. É importante lembrar que as vendas são feitas somente no site original do produto, qualquer anúncio de venda do Maca Peruana em sites como o Mercado Livre não é confiável pois pode se tratar de produto pirateado e sem a certificação dos órgãos regulamentadores como a ANVISA.

Possuímos métodos simples e rápidos de pagamento como boleto bancário e cartão de crédito (aceitamos várias bandeiras). Após a confirmação do pagamento enviaremos o produto até a sua casa e você pode rastreá-lo para saber o dia exato em que ele irá chegar.

Conheça também: > Xanimal funciona

Tratamento Para Impotência: Mais prazer e mais potência sexual!

Tratamento Para Impotência: Mais prazer e mais potência sexual!

Para uma vida completa e feliz, a sua saúde sexual também tem que estar em dia! E apesar desse assunto causar constrangimento em algumas pessoas, é preciso que você saiba que muitos homens sofrem com problemas de ereção, mesmo que se sintam intimidados a falar sobre o assunto.

Pensando em aumentar a sua qualidade de vida, vamos te apresentar hoje o Tratamento Para Impotência, um produto natural que vem revolucionando a vida sexual de muitos brasileiros, e deixando homens e mulheres mais felizes.

Continue lendo para saber como o produto funciona, indicações, composição e outras informações.

O que você vai encontrar neste conteúdo?

1 Onde comprar o Tratamento Para Impotência barato?
1.1 Quanto custa o Tratamento Para Impotência?
2 Benefícios do Tratamento Para Impotência
2.1 Mais disposição e energia
2.2 Maior apetite sexual e virilidade
3 Não é um golpe!
3.1 Mais prazer
4 Composição
4.1 Solanum Sessiliflorum
4.2 Theobroma Cacao
4.3 Paullínea Cupana
4.4 Euterpe Oleracea
5 Entrega discreta
6 Como tomar o Tratamento Para Impotência?
7 Ele é aprovado pela Anvisa?
Onde comprar o Tratamento Para Impotência barato?
O local mais indicado para você comprar o Tratamento Para Impotência é em seu site oficial, já que comprando pelo portal do produto você fica livre de falsificações e fraudes, e evita de colocar a sua saúde em risco.

Além disso, comprando pelo site oficial você tem garantia de satisfação, já que o fabricante devolve o seu dinheiro caso você não fique satisfeito após seis meses de uso.

Quanto custa o Tratamento Para Impotência?
O preço é bem atraente, abaixo você pode ver uma imagem retirada do site de venda. Veja que a maior vantagem para você é comprar a maior quantidade de Tratamento Para Impotência, por apenas 12×39,90 você vai levar 8 potes de Tratamento Para Impotência, esse preço é imbatível!

Benefícios do Tratamento Para Impotência
Como dissemos anteriormente, o Tratamento Para Impotência é um produto que tem o objetivo de te melhorar a sua vida sexual, aumente a sua potência e que você tenha mais prazer. Ele foi desenvolvido depois de muita pesquisa científica e testes, afim de oferecer os melhores resultados de maneira segura. Detalharemos os benefícios a seguir.

Mais disposição e energia
O Tratamento Para Impotência possui agentes que oferecem mais energia e disposição, para que você consiga aproveitar a sua noite por completo. Somente com ele sua vida vai se transformar e sua parceira nunca mais irá reclamar de você para as amigas, ou ficar de cara fechada quando você gozar muito rápido.

Maior apetite sexual e virilidade
Com apenas poucos dias de uso você vai perceber o seu desejo sexual aumentar de forma considerável, o que vai te deixar mais disposto e mais interessado na sua parceira. Além disso, o Tratamento Para Impotência te faz ter ereções muito mais prolongadas e satisfatórias.

Não é um golpe!
Fique tranquilo querido leitor, o Tratamento Para Impotência é um produto real que oferece ganhos reais de potência sexual! Não se deixe enganar, compre somente o original!

Mais prazer
O Tratamento Para Impotência te proporciona muito mais prazer nas suas relações sexuais, com orgasmos mais prolongados, mais prazerosos e potentes.

Composição
Composto apenas de substâncias 100% naturais, o Tratamento Para Impotência não possui contra indicações ou efeitos colaterais, se tomado da maneira indicada pelo fabricante. Também é importante que você saiba que ele é completamente aprovado pela Anvisa. Veja a seguir a composição do produto:

Solanum Sessiliflorum
Essa é uma substância extraída de uma planta da Amazônia, que tem despertado a curiosidade de pesquisadores de todo mundo. Ela age no aumento da circulação sanguínea e aumenta as taxas de testosterona no organismo, o que favorece a ereção.

Theobroma Cacao
Essa substância possui ação energética e antioxidante, o que favorece a regeneração celular. Esse é um fator importante porque o pênis é formado por um tecido esponjoso, que se enche de sangue no momento da ereção, e o Theobroma Cacao facilita a sua recomposição e ampliação.

Paullínea Cupana
A origem dessa substância é uma fruta que você já conhece bem: o guaraná. Ela é a responsável para te oferecer disposição, aumentar o apetite sexual e a energia.

Euterpe Oleracea
Também responsável por aumentar a circulação sanguínea, essa substância ajuda a garantir a ereção.

Entrega discreta
Pensando em preservar a sua identidade, o Tratamento Para Impotência é entregue na sua casa em uma embalagem discreta. Ou seja, ninguém saberá o produto que você está recebendo na sua residência, lhe dando o máximo de privacidade.

Como tomar o Tratamento Para Impotência?
Para você usufruir de todos os benefícios do Tratamento Para Impotência, você deve tomar duas cápsulas diariamente. Para potencializar os seus efeitos, você pode tomar um comprimido 30 minutos antes das relações sexuais. Você vai se surpreender com os resultados!

Ele é aprovado pela Anvisa?
Sim! Fique tranquilo! O Tratamento Para Impotência é um produto completamente seguro e dentro das normas da Anvisa!

Sobre o tempo de uso, o fabricante indica que você pode tomar o Tratamento Para Impotência pelo tempo que sentir necessidade, ou seja, enquanto desejar uma vida sexual prazerosa.

E então? O que você está esperando para ter as experiências sexuais mais prazerosas da sua vida? Confira a revolução que o Tratamento Para Impotência pode fazer por você e conte pra gente nos comentários! Se você já faz uso do produto, deixe seu relato aqui!

Conheça também: > Xanimal Anvisa

Power Blue

Power Blue

Power Blue funciona ? Se você veio até aqui certamente quer ver meu relato completo sobre Power Blue e saber se de fato Power Blue Funciona. Sem enrolação com dados técnicos e precisos !
O que você lerá neste review ?

1 O que é o Power Blue Caps ?
2 O que é a Maca Peruana Premium ?
3 Do que Power Blue é composto ?
4 Efeitos Colaterais
5 Garantia de Satisfação?
6 Como funciona a ação do Power Blue ?
6.1 Corpo Cavernoso
6.2 Equilíbrio Hormonal
6.3 Regeneração das Células
6.4 Maior Energia e Disposição no Dia-a-dia

O que é o Power Blue ?
Um composto polivitamínico natural que une vários elementos 100% naturais e super concentrados benéficos a saúde, voltados a saúde sexual e virilidade. Ingredientes como a Maca Peruana Premium super potencializada este composto mantem seu foco na EREÇÃO, TAMANHO DO PÊNIS e CONTROLE DA EJACULAÇÃO.

O que é a Maca Peruana Premium ?
De acordo com pesquisas científicas divulgadas, concluiu-se que a Maca Peruana Premium é aquela resultada da nanobiotecnologia, onde as sementes são escolhidas e modificadas geneticamente, trazendo a tona uma planta com super poderes medicinais concentrados que atua significativamente na Disfunção Erétil (falta ereção), Falta de libido (desejo sexual), na quantidade de esperma e na qualidade destes espermatozoides, beneficiando toda a musculatura do corpo cavernoso peniano – trazendo para seus usuários ereções mais firmes e o crescimento muscular do pênis, aumentando seu comprimento e largura.

Do que Power Blue é composto ?
Este super suplemento natural é composto além da Maca Peruana Premium , possui doses concentradas de aminoácidos, fibras, mangésio, ômega 3, ômega 9, fósforo, carboidrados , ferro, vitamina B1, vitamina B2, selênio, Zinco, Vitamina C, Vitamina E e potássio.

Compostos utilizados :

Maca Peruana Premium : Composto milenar descoberto pelos Maias este tubérculo da Cordilheira dos andes, vem sendo amplamente estudado por cientistas do mundo todo, que já podem atestar seus poderes medicinais principalmente ligadas as questões de fertilidade e vitalidade sexual.

Ginseng : esta planta medicinal possui diversos benefícios ligado a saúde principalmente por sua ação revitalizando e estimulante, ajudando a reduzir o estresse, cansaço e irritabilidade, além de atuar ajudando no aumento da imunidade do corpo de quem a consome, tornando muito menos suscetível a contrair qualquer tipo de doença.

Catuaba : é um extrato extraído dos ramos, cascas e raizes de diversas plantas combinadas utlizada desde épocas remotas pelos índios Tupi como afrodisíaco potente, além de ser excelente antibacteriano e antiviral.

Marapuama : esta planta medicinal muito conhecida como liriosma ou pau-homem, é constantemente utilizada na medicina alternativa por suas propriedades para combater a celulite e melhorar a circulação. A Ptychopetalum uncinatum , foi utilizada em testes no ISP – Instituto de Sexologia de Paris em 1981, como resultado obteve que 80% dos 2.311 pacientes que foram submetidos ao teste, relataram comprovada e significativa melhora na libido.

Efeitos Colaterais
Graças a estes compostos especialmente combinados os usuários relatam :

Significativa melhora no Desejo Sexual
Mais Potência nas Ereções
Não ocorrer problemas de Disfunção Erétil
Aumento na Disposição e FORÇA
Orgasmos prolongados e Intensos
Aumento na quantidade de esperma na ejaculação
Aumento no tamanho do Pênis (devido as ereções mais potentes)
Não foi relatado pelas pessoas pesquisadas nenhum efeito colateral Negativo.

Produto com todas as certificações de aprovação para venda e consumo inclusive aprovação da ANVISA.

Garantia de Satisfação?
O fabricante do Power Blue funciona e garante o sucesso do seu investimento e se após o uso do Power Blue , se você não estiver satisfeito com os resultados a fábrica se compromete em devolver 100% do seu dinheiro, sem perguntas nem burocracia. Basta você fazer a solicitação e é reembolsado mesmo os potes vazios no valor integral.

Como funciona a ação do Power Blue ?
Corpo Cavernoso
Cada comprimido aumenta a irrigação sanguínea no corpo cavernoso (Pênis), permitindo assim que muito mais sangue circule e encha o pênis trazendo a ereção intensa e constante. Devido a grande quantidade deste sangue extra a expansão máxima nos tecidos penianos é atingida, aumentando a sensibilidade e o prazer tanto ao homem como para a mulher que receberá uma penetração mais potente, constante e intensa trazendo orgasmos ainda melhores na sua relação.

Equilíbrio Hormonal
Cada comprimido também aumenta a concentração do principal hormônio sexual masculino : A testosterona. Uma testosterona estrategicamente impulsionada trará muito mais apetite sexual e além de potência.
Regeneração das Células
Com o uso do Power Blue poderá expandir ao máximo todo o tecido do corpo cavernoso o corpo deve produzir novas células, além de regenerar as células existentes, ajudando inclusive a formação de novos tecidos.
Maior Energia e Disposição no Dia-a-dia
A grande concentração de substâncias no turbomacaperuvian que trazem inúmeros benefícios a saúde e principalmente na área sexual, contribui também para aumentar a disposição para as tarefas comuns do dia, para o trabalho, estudo e inclusive para o sexo.
Como devo tomar Power Blue?
Para ter todos os resultados esperados por Power Blue é recomendado pelo fabricante que seja tomado 2 pílulas diariamente por pelo menos 3 meses, de preferência após as refeições.

Conheça também: > Xanimal comprar